Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

De volta, Felipão reencontra lateral e bate papo com capitão

Tossiro Neto, enviado especial Teresópolis (RJ)

Luiz Felipe Scolari está de volta à Granja Comary, depois de ter viajado a Porto Alegre para acompanhar o enterro de um cunhado. Na manhã desta quarta-feira, o treinador da Seleção Brasileira encontrou pela primeira vez o lateral esquerdo Marcelo, que se apresentou enquanto ele esteve fora, e conversou brevemente com alguns jogadores.

Depois do abraço no jogador do Real Madrid, o diálogo mais longo foi com o capitão Thiago Silva. Ao passar pela academia, Felipão deu algumas orientações ao zagueiro antes de deixar a parte interior da sede, juntamente com Murtosa (auxiliar técnico) e Carlos Alberto Parreira (coordenador técnico). Porém, usando bermuda, ele reclamou do frio para os colegas de comissão e voltou para dentro.

Em fase final de exames médicos, os 23 convocados estarão todos juntos em campo pela primeira vez, nesta quarta-feira. Até agora, apenas os três goleiros (Júlio César, Jefferson e Victor) tiveram contato com bola, tendo feito três sessões de trabalho com o preparador Carlos Pracidelli, as duas primeiras na terça-feira.

Divulgação/CBF
Após desencontros, Luiz Felipe Scolari e o lateral esquerdo Marcelo finalmente se encontraram em Teresópolis

Os entrevistados do terceiro dia de preparação da Seleção Brasileira na Granja Comary serão o médico José Luiz Runco e o preparador físico Paulo Paixão. Antes mesmo de os dois conversarem com os jornalistas, a Confederação Brasileira de Futebol divulgou vídeo em que o meia Oscar, a ser pai em breve, põe fim a boatos de que ele deixaria a concentração.

"Minha filha não nasceu, estou esperando ainda. E não fui cortado, vou treinar daqui a pouco", disse, rindo, o camisa 11 da equipe, que recentemente precisou se recuperar de lesão no Chelsea.

A estreia do Brasil na Copa do Mundo, frente à Croácia, está marcada para 12 de junho, em Itaquera. Antes disso, o time treinado por Felipão vai a campo em amistosos diante do Panamá (em 3 de junho, no Serra Dourada, em Goiânia) e da Sérvia (três dias depois, no Morumbi, em São Paulo).

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade