Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Defensor vence Atlético Nacional e alcança semifinal inédita

Montevidéu (Uruguai)

Após vencer na ida por 2 a 0, o Defensor superou o Atlético Nacional por 1 a 0 na partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores nesta quinta-feira e conseguiu a classificação inédita às semifinais. No jogo disputado em Montevidéu, no Estádio Centenário, o gol do triunfo do clube uruguaio veio dos pés do experiente atacante Nicolás Olivera.

O clube uruguaio terá pela frente o Nacional, do Paraguai, nas semifinais da Copa Libertadores.

Pela primeira vez o Defensor alcança as semifinais da Copa Libertadores. A melhor participação do clube uruguaio foram as quartas de final alcançadas em duas oportunidades: 2007e 2009.

AFP
O atacante Nicolás Olivera foi decisivo na partida de volta das quartas de final (Foto:PABLO PORCIUNCULA)

O jogo – O primeiro tempo foi do jeito que o Defensor queria. Os uruguaios entraram bem postados no campo, com duas linhas de quatros, com De Arrascaeta e Alonso mais à frente. O Atlético Nacional pouco levou perigo, que tentava chegar ao gol de Campaña pelas laterais.

O único susto da primeira etapa foi aos 17 minutos, quando os colombianos tiveram boa oportunidade. Valoy driblou o zagueiro e aproveitou o espaço deixado e chutou de dentro da pequena área para fora.

Até o final do primeiro tempo, os uruguaios fizeram o jogo para segurar o empate , não criando oportunidades reais de gol, apenas quando Fleurquín cabeceou para o gol de Armani. Perto dos acréscimos, o Defensor perdeu o meia Matías Cardaccio por lesão.

O segundo tempo seguiu com a mesma tônica da etapa inicial. O Defensor não arriscava muito e defendia bem, enquanto que os colombianos não criavam boas oportunidades.

Tentando fechar a chave de vez, o técnico dos uruguaios, Fernando Curuchet, colocou o experiente atacante Nicolás Olivera, que criou diversas chances de gol contra o time de Medellín.

Aos 32 minutos da segunda etapa, o árbitro chileno Enrique Osses não marcou pênalti em lance polêmico favorável aos colombianos, quando o atacante Juan Pablo Ángel invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Martín Campaña.

Na parte final do segundo tempo, o brasileiro Felipe Gedoz, do Defensor, um dos destaques dos uruguaios, sentiu dores e teve que sair, sendo substituído por Gastón Silva.

Nos últimos minutos, o Defensor conseguiu o gol do triunfo. De Arrascaeta tocou para Pais, que achou Nicolás Olivera no meio da área para definir para o fundo das redes do Atlético Nacional.

AFP
Defensor superou o Atlético Nacional por 1 a 0 na partida de volta das quartas de final (Foto:PABLO PORCIUNCULA)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade