Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Depois de nove anos, ex-goleiro Gléguer volta a Portuguesa

São Paulos (SP)

Gléguer está de volta ao Canindé. Após anunciar Marcelo Veiga como novo treinador da equipe, nesta quinta-feira, a Portuguesa acertou a contratação do ex-goleiro e ídolo Gléguer para fazer parte da comissão técnica lusitana.

A ligação entre Gléguer e Portuguesa sempre foi muito forte, desde que defendeu as cores do clube entre os anos de 2003 e 2005. Agora, passados nove anos, o ex-atleta está de volta para ser o preparador de goleiros da equipe na sequência do Campeonato Brasileiro Série B.

Assim, Gléguer abandona temporariamente a carreira de técnico – após treinar a União Barbarense (2013) e o Santacruzense (2014) – para integrar a comissão técnica de Marcelo Veiga. Por sinal, essa é a segunda oportunidade em que Gléguer e Marcelo Veiga trabalharão juntos. Em 2012, os caminhos dos dois se cruzaram no Bragantino, na primeira experiência de Gléguer fora das quatro linhas, como preparador de goleiros.

Sobre a oportunidade de voltar a defender as cores da Lusa, mesmo que não seja dentro debaixo das traves, o ex-atleta de 37 anos demonstrou estar muito satisfeito. “Recebi o convite e não pensei duas vezes. Pude trabalhar com o (Marcelo) Veiga no Bragantino e temos uma boa relação. Além disso estou voltando para um clube pelo qual atuei durante alguns anos e tenho uma grande identificação”, analisou Gléguer.

A chegada de um profissional experiente para treinar os goleiros da equipe e trabalhar o setor defensivo não podia acontecer em melhor hora. Atualmente, a Portuguesa tem uma das defesas mais vazadas da Série B do Campeonato Brasileiro, ao lado do Bragantino, com 12 gols sofridos em seis jogos disputados. 

Em sua carreira profissional, além da Portuguesa, Gléguer passou por clubes como Guarani, Corinthians, Cruzeiro, Vila Nova-GO, Náutico, Vitória e América-MG até pendurar as chuteiras em 2010.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade