Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Desempregado há seis meses, Luxa admite conversa com Palmeiras

São Paulo (SP)

Vanderlei Luxemburgo foi demitido do Fluminense no dia 11 de novembro do ano passado e, desde então, não comandou mais clube algum. Há seis meses desempregado, a oportunidade de voltar a comandar um time pode bater à porta com a demissão de Gilson Kleina do Palmeiras no dia oito de maio deste ano.

Luxemburgo revelou, nesta segunda-feira, em seu site oficial, que foi procurado pela diretoria do clube para suceder o ex-treinador alviverde. Numa postagem intitulada "A realidade", ele esclareceu a situação:

“Muitas notícias estão sendo vinculadas (sic), mas a realidade é uma só: Na sexta-feira (9), fui procurado pelo Brunoro e Omar, em minha casa, onde eles me passaram como é que o Palmeiras está trabalhando hoje em dia.Só este foi o contato que aconteceu entre mim e o Palmeiras”.

A equipe palestrina ocupa a nona posição na tabela da Série A do Campeonato Brasileiro, com seis pontos e duas vitórias. Caso Luxemburgo assuma o comando do time, esta será sua quinta passagem pelo clube, e terá a função de alavancar o Palmeiras no Brasileirão e na Copa do Brasil.

Photocamera
Vanderlei Luxemburgo assumiu que foi procurado pelo Palmeiras após a demissão de Gilson Kleina (Foto: Fernando Cazaes)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade