Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

"Doido para jogar", Hernanes avisa para titulares não vacilarem

Tossiro Neto Teresópolis (RJ)

Em seu primeiro esboço do time titular da Seleção Brasileira, o técnico Luiz Felipe Scolari repetiu a escalação usada com sucesso na Copa das Confederações. O volante Hernanes, hoje entre os reservas, recomenda atenção total aos atuais donos da posição.

"A gente sabe que o time está muito bem entrosado e que é muito difícil tomar uma vaga do time titular, mas nosso objetivo é sempre jogar. Nós queremos jogar. E isso é positivo para o grupo, porque não deixa o titular relaxar. O titular sabe que quem não está jogando está doido para jogar, que tem potencial para jogar e vai tomar a vaga dele se ele vacilar", afirmou o jogador nesta quinta-feira, na Granja Comary.

A tendência é que Felipão inicie a partida diante da Croácia, marcada para o próximo dia 12 de junho, na abertura da Copa do Mundo, com Luiz Gustavo e Paulinho ao lado do meia Oscar como titulares. Hernanes, reserva que mais atuou sob o comando do treinador gaúcho, aposta em sua versatilidade.

"Comecei no São Paulo como segundo volante, depois fui um pouco mais para frente. No primeiro ano de Lazio, joguei praticamente como um segundo atacante, como um meia atrás do atacante. Então, joguei em várias posições, e isso fez com que eu aprendesse. Mas existem outros jogadores aqui que jogam em várias posições também", declarou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O volante Hernanes ainda sonha com a possibilidade de defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo
A Seleção Brasileira terá mais duas oportunidades para treinar antes da estreia na Copa do Mundo. No próximo dia 3 de junho, enfrenta o Panamá, no Serra Dourada. Três dias depois, pega a Sérvia, no Morumbi. Nos dois duelos, Hernanes terá as últimas chances de mostrar serviço.

"Acho que, quando entrei, demonstrei meu trabalho e fiz aquilo que o Felipão desejava, o que ele queria que o jogador da função estivesse fazendo. Ele adquiriu confiança em mim e sabe que pode contar comigo, que se precisar que eu comece jogando, darei conta do recado também", disse o jogador da Inter de Milão.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade