Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

E. Baptista se divide em tristeza e satisfação após derrota do Sport

Belo Horizonte (MG)

Depois de garantir uma vitória fora de casa em seu último jogo pelo Campeonato Brasileiro, o Sport não conseguiu manter o mesmo embalo nesta quarta-feira, e acabou sendo derrotado pelo Cruzeiro, por 2 a 0, no Mineirão. A atuação rubro-negra, porém, não desagradou o treinador Eduardo Baptista, que aprovou o modo como sua equipe bateu de frente com o atual líder da Série A do Campeonato Brasileiro.

“Foi um jogo que fiquei triste, mas satisfeito. Digo isso, porque viemos jogar contra o Cruzeiro, que tem uma equipe muito boa e com um banco de reservas muito bom. Jogamos de igual para igual”, destacou Eduardo Baptista, que aproveitou para animar o torcedor do Leão da Ilha com relação à sequência na competição.

“Mostramos que temos condições de fazer uma grande competição. O Sport não veio para figurar, apenas. Saio convicto de que o trabalho está sendo bem feito”, disse o treinador, que agora soma sete pontos na competição, ocupa o 11º lugar, mas tem um jogo a menos do que os seus adversários.

Ainda ao analisar o confronto desta quarta-feira, Eduardo Baptista acredita que o momento do gol cruzeirense foi fundamental para definir o resultado. Após um primeiro tempo muito equilibrado, com o Sport até melhor, os anfitriões inauguraram o marcador logo aos cinco minutos da etapa complementar.

“Estávamos conseguindo marcar o Cruzeiro dentro do campo deles. Mas acabamos sofrendo um gol e isso fez com que a gente desse o espaço que eles queriam. Então, isso nos complicou na segunda etapa”, finalizou o comandante rubro-negro, ao menos satisfeito com o que foi demonstrado pelo Sport.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade