Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Eduardo Baptista lamenta reação tardia e respeito demasiado ao Inter

Porto Alegre (RS)

Após sair perdendo por 2 a 0 para o Internacional no Beira-Rio, o Sport conseguiu dar trabalho nos 15 minutos finais, ao diminuir o marcador, com Patric, e pressionar o rivalt, chegando próximo do empate, que não veio. Para o técnico Eduardo Baptista, o gol foi marcado muito tarde.

"Pecamos no primeiro tempo, quando respeitamos demais o Inter. Poderíamos ter jogado com a bola mais no chão, jogado mais. O adversário fez dois gols em dois erros nossos. Quando a gente fez o gol, já era tarde demais. A gente teve até a oportunidade de empatar, mas não deu”, analisou.

Como lição da derrota, Baptista quer levar os últimos minutos de partida. Para o treinador, esta deve ser a postura do time durante todos os minutos dos próximos jogos.

"O Sport está caminhando, está em um período de transição, com um trabalho sério e vamos fazer um bom brasileiro se tivermos a postura do segundo tempo", concluiu.

No próximo domingo, o Sport volta a entrar em campo fora de casa, desta vez contra o Coritiba, no Couto Pereira, a partir das 18h30 (de Brasília).

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade