Futebol/ Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Em jogo das zebras, Novo Hamburgo sai na frente do J.Malucelli

Novo Hamburgo (RS)

O Novo Hamburgo soube aproveitar o fator casa e a única boa jogada que teve no decorrer da partida para vencer  nesta quinta-feira o confronto contra o J.Malucelli por 1 a 0, gol de Juba, pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida reuniu dois equipes que conseguiram resultados surpreendentes na etapa anterior - os gaúchos passaram pelo Joinville, enquanto os paranaenses eliminaram o Vitória.

Para o jogo de volta, em Curitiba, a equipe gaúcha joga por um empate para se garantir na terceira fase. A equipe que leva o nome da cidade ainda pode perder por um gol de diferença, caso marque um ou mais gols. Já os paranaenses precisam vencer por mais de um gol de diferença se quiserem avançar. Em caso de vitória simples, a decisão irá para os pênaltis.

O Jogo- O Novo Hamburgo começou melhor a partida e procurou as primeiras jogadas. Tanto que, logo de cara, Éder chutou de esquerda e a bola passou por cima, com perigo. Outra boa chance foi em um contra-ataque, que da ponta esquerda o camisa dez do Novo Hamburgo disparou e a bola passou perto do travessão.

A partir de então, o jogo esfriou e a marcação foi prioridade para ambos os times. Sem criatividade de seus armadores, o Novo Hamburgo parecia receoso em atacar. Já a equipe paranaense não soube aproveitar e deu preferência em resguardar o setor defensivo.

A segunda etapa começou com o J.Malucelli arriscando um pouco mais. Aos dois minutos, Thiago Santos arriscou chute de longe, que assustou o goleiro Vinícius, da equipe gaúcha. Nove minutos depois, o mesmo Thiago arriscou um tiro forte da ponta esquerda, porém Vinícius encaixou sem problemas.

Os paranaenses mostraram estar mais afim de jogo, quando, aos 15, Baiano chutou forte e a bola passou perto da meta de Vinícius. Porém, o futebol é ingrato e um minutos depois, em boa jogada pela direita, Juba aproveitou cruzamento rasteiro e abriu o placar para os donos da casa.

Divulgação
O Novo Hamburgo atuou bem defensivamente e não tomou gols dentro de casa. Fazendo um em Curitiba, o J.Malucelli terá quer marcar três para seguir adiante.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade