Futebol/Campeonato Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Empolgado com classificação, presidente se gaba por contratações

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro mostrou força em Assunção e derrotou o Cerro Porteño, garantindo acesso para as quartas de final da Libertadores para enfrentar os argentinos do San Lorenzo. Os gols que garantiram a classificação celeste foram anotados por Dedé e Dagoberto, jogadores contratados pelo presidente Gilvan Tavares, que se gabou por trazido os atletas para a Raposa.

“Contratamos jogadores para isso, para ganhar títulos de expressão. O Dagoberto era um sonho da torcida, é um jogador que faz a diferença e fez de novo. O Dedé, nem se fala. Era o zagueiro mais pretendido do futebol mundial na época. Trouxemos para isso. Já ganhamos o Brasileiro, o Mineiro deste ano e demos um passo gigantesco na Copa Libertadores. O Cruzeiro foi brilhante, guerreiro, um gigante”, disse Gilvan Tavares.

Satisfeito com o desempenho da equipe, o mandatário cruzeirense se empolgou tanto que já sonha com o título da América. “Vamos ganhar essa Libertadores”, declarou o dirigente, que espera o Cruzeiro enfrentando mais dificuldades na sequência da Libertadores, mas entende que o time tem condições de ficar com a taça.

“De agora para frente, as coisas começam melhorar, inclusive em questão de estádio. Vamos enfrentar clubes melhores, mas em estádios melhores, que dão condições para o Cruzeiro mostrar seu futebol. Agora sim, a torcida pode ter esperança que demos um passo largo e decisivo rumo ao título”, afirmou.

Divulgação/Cruzeiro E. C.
Em jogo muito truncado, Cruzeiro venceu Cerro Porteño e se classificou às quartas de finais

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade