Futebol/Amistoso Internacional - ( - Atualizado )

EUA acordam no fim e vencem Azerbaijão em amistoso de pré-Copa

São Francisco (Estados Unidos)

Depois de cortar o meia Donovan, um dos principais ídolo das torcida norte-americana, da Copa do Mundo no Brasil, Jurgen Klinsmann quase se complicou nesta terça-feira, viu seu time acordar no final do segundo tempo e evitar um vexame já no primeiro amistoso desta fase de preparação para a Copa do Mundo. Em casa, os Estados Unidos não jogaram bem, mas venceram o Azerbaijão por 2 a 0.

Até os 30 minutos do segundo tempo, o time da casa, mesmo com o apoio do torcedor que compareceu ao Candlestick Park em bom número, não conseguiu confirmar o seu favoritismo. Sem envolver a fraca defesa do Azerbaijão, a equipe norte-americana ainda permitiu com que os asiáticos se animassem, figurando no campo de ataque em alguns momentos do duelo.

Para espantar a zebra, no entanto, o alemão Klinsmann precisou acionar os jogadores do banco de reservas. Sendo assim, depois de entrar aos 27 da etapa complementar, Diskerud aproveitou a sobra dentro da área e inaugurar o marcador com apenas quatro minutos em campo. O gol serviu para deixar a comissão técnica mais aliviada, que ainda viu outro reserva marcar.

AFP
Os Estados Unidos, de Michael Bradley, não tiveram facilidade para derrotar a fraca seleção do Azerbaijão
Um empate logo no primeiro jogo de preparação deixaria a seleção sob muita desconfiança, principalmente após o corte de Donovan. Desta forma, para garantir a vitória em São Francisco, os Estados Unidos aproveitaram as falhas de posicionamento da defesa adversário, definindo o resultado na bola parada. Davis cobrou o escanteio e Johannsson nem precisou saltar para desviar de cabeça ao fundo do gol.

Agora, depois de um pequeno susto nesta terça-feira, os Estados Unidos se preparam para mais dois jogos antes de estrear na Copa do Mundo, contra Gana, pelo Grupo G. No próximo domingo, o adversário será a Turquia, enquanto no dia 7 de junho, a seleção comandada por Jurgen Klinsmann terá pela frente a Nigéria, equipe que também estará no Brasil.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade