Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Fiel interrompe hino brasileiro e comemora pontapé inicial como gol

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Os torcedores do Corinthians respeitaram a primeira parte do Hino Nacional Brasileiro em Itaquera. Só que a execução não foi “padrão Fifa” e teve a segunda parte, geralmente suprimida nos estádios. Aí, o público já havia explodido cantando seu amor ao time.

A acústica da arena parece facilitar a propagação dos cantos, e o barulho foi grande, com os gritos que partiram do setor Inferior Norte acompanhados pelo restante dos cerca de 40 mil pagantes. Já ficou claro, nos minutos iniciais, que os setores inferiores atrás dos gols, mais baratos, são os mais barulhentos.

Todos vibraram, no entanto, com o pontapé inicial do jogo contra o Figueirense. Foi às 16h02 de 18 de maio de 2014 que o Corinthians começou a jogar em sua casa definitiva, com um toque de pé esquerdo de Luciano. A vibração foi como a de um gol da torcida que nasceu no Bom Retiro e agora é da ZL.

Djalma Vassão/Gazeta Press
O Hino Nacional Brasileiro foi parcialmente respeitado na abertura do estádio do Corinthians
Com a nova disposição geográfica dos torcedores, as organizadas ficaram todas no setor Inferior Norte. Assim, foi necessária uma sincronia para que cada uma exibisse o seu bandeirão. Antes de a bola rolar, a Estopim da Fiel mostrou o seu. No apito inicial, foi vez da Gaviões, seguida pela Camisa 12.

Só aos quatro minutos terminou o ritual, e o público presente no setor pôde começar de fato a acompanhar a partida inaugural no estádio de Itaquera. Pontapé inicial à parte, a primeira grande vibração na nova casa alvinegra foi em um carrinho do lateral esquerdo Fábio Santos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade