Futebol Internacional/Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

Final da Champions deve render R$ 139 milhões à economia de Lisboa

Lisboa (Portugal)

Em estimativa da instituição portuguesa IPAM, a final da Liga dos Campeões deste ano, que acontece no sábado, às 15h45 (de Brasília), no Estádio da Luz, em Lisboa, deve movimentar cerca de 46,3 milhões de euros (aproximadamente R$ 139 milhões) em receitas para a economia da capital de Portugal.

No cálculo, a entidade levou em conta a presença estimada de cerca de 70 mil turistas que viajarão a Lisboa para acompanhar o duelo entre Real Madrid e Atlético de Madri e descontou os gastos da cidade para organizar o evento. O principal destino de toda a receita deve ser a rede hoteleira, seguida pelo comércio da região.

O valor representa aproximadamente 11% de toda a receita gerada pela final da Liga dos Campeões. Ainda segundo a instituição, apenas a final do evento como um todo deve movimentar cerca de 409,8 milhões de euros (R$ 1 bilhão e 237,8 milhões) na economia global.

No montante total, estão inclusos lucros com publicidade, bilheteria, direitos de transmissão e viagens no geral, entre diversos outros fatores.

AFP
Estádio da Luz, do Benfica, em Lisboa (Portugal), receberá a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Atlético de Madri

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade