Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Fluminense tenta fechar contratação de reforços até o fim da semana

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Fluminense vem trabalhando no sentido de definir até sexta-feira as negociações que estão em vigor. O clube pretende anunciar a chegada de dois zagueiros, se desfazer de um e intensificar contatos para que um atacante possa ser contratado. Para reforçar a zaga os nomes já são conhecidos: Henrique e Fabrício.

A situação de Fabrício é bem tranquila. O jogador está sem clube desde dezembro, quando se desligou do Vitória após sofrer contusão. Após se recuperar, o atleta de 24 anos foi oferecido ao Fluminense e seu nome foi rapidamente aprovado pelo técnico Cristóvão Borges, com quem trabalhou em 2012, no rival Vasco. 

Outro jogador que está próximo do acerto é o zagueiro Henrique, que vem defendendo as cores do Bordeaux, da França. O jogador já acertou as bases salariais com o Fluminense, mas ainda não assinou contrato. Questões burocráticas impedem o acerto.

"Nós só anunciaremos um jogador quando ele estiver com o contrato assinado e esse não é o caso do Henrique", disse o novo diretor executivo do departamento de futebol, Paulo Angione, em entrevista à Rádio Tupi. "Estamos tratando da questão da documentação, mas isso não foi resolvido", completou.

A chegada dos dois zagueiros, que passariam a integrar o setor com Gum e Elivélton, agiliza a definição de um outro assunto: a saída de Leandro Euzébio, que não faz mais parte dos planos da comissão técnica. O jogador vinha negociando com o Vitória, mas a conversa não evoluiu e a transação esfriou depois de o técnico Ney Franco ter deixado o time baiano. Agora, o atleta espera a chegada de novas propostas. O desejo dele é jogar a Série A.

Nelson Perez/Fluminense FC
Cristóvão aprovou a chegada dos defensores Fabrício e Henrique e deu aval para busca de atacante
Atacante também é prioridade - Outra negociação que deverá ganhar corpo nos próximos dias é a busca por um atacante de velocidade. Atualmente o clube conta com quatro atacantes, sendo que três são finalizadores: Fred, Walter e Michael. O outro, Rafael Sobis, já não é mais garoto, embora caia pelos lados do campo. Os dirigentes estão procurando nomes que se destacaram nos estaduais e na Copa do Brasil.

Outro canal que pode se abrir nos próximos dias, mas sem muita chance de sucesso, é uma troca que o Santos vai propor envolvendo a ida do meia Wágner para a Vila Belmiro e com o apoiador Cícero desembarcando nas Laranjeiras. Cristóvão Borges não vê a troca com bons olhos, principalmente devido ao bom momento vivido por Wágner no Fluminense.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade