Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Fluminense trabalha marcação para vencer clássico contra o Flamengo

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O elenco do Fluminense deu sequência na manhã desta sexta-feira a sua preparação para o clássico contra o Flamengo, previsto para este domingo, às 16h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Cristóvão Borges comandou um coletivo nas Laranjeiras e o que mais chamou atenção na atividade foi a preocupação com o setor defensivo de sua equipe.

Durante o treino, por várias vezes, Cristóvão paralisou a atividade para alertar os jogadores sobre a importância de uma marcação mais consistente. Desde o início da semana que o treinador vem alertando para os perigos ofensivos do Flamengo.

"O Flamengo conta com jogadores de qualidade na hora de atacar e isso é muito perigoso. Temos que manter a concentração em alta, ligada por noventa minutos, pois um vacilo pode ser determinante para decidir o clássico. Tenho convicção de que podemos ganhar o jogo, mas isso passa obrigatoriamente pela necessidade de sabermos neutralizar os pontos fortes de nosso oponente", disse Cristóvão.

Na visão dos jogadores, o poder de concentração das equipes pode acabar fazendo a diferença. "Os dois times possuem jogadores em condições de desequilibrar a partida. O Flamengo, além de bons atacantes e meias de qualidade, tem laterais que sabem apoiar e dar trabalho aos defensores adversários. O Fluminense vai precisar neutralizar essas ações do adversário, reduzindo os espaços e não permitindo que eles tenham muito poder de criação. Se fizermos isso vamos dar um passo muito importante para conquistarmos a vitória, já que nossos homens de frente têm condições de desequilibrar também", disse o zagueiro Gum.

Ainda sobre o coletivo desta sexta-feira, os titulares ganharam por 2 a 0, com gols de Darío Conca e Rafael Sobis. O volante colombiano Valencia não treinou e fez trabalho de reforço muscular na academia, enquanto que o atacante Marcos Júnior ficou fazendo tratamento no departamento médico por causa de uma lesão na coxa esquerda.

Em termos de escalação o Fluminense está definido e Cristóvão Borges vai repetir a formação que foi derrotada pelo Vitória. Assim, o Fluminense vai atuar com: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivelton e Carlinhos; Diguinho, Jean, Wagner e Darío Conca; Rafael Sobis e Fred. Neste sábado pela manhã, um recreativo encerra a preparação para o clássico e antecede ao início da concentração. Após a derrota de 2 a 1 para o Rubro-Negro baiano, o Fluminense soma seis pontos e quer ingressar na zona de classificação para a Libertadores.

Fora de campo a diretoria estuda a contratação do zagueiro Fabrício, de 24 anos, que está sem clube desde que deixou o Vitória no fim do ano passado. O jogador, revelado nas categorias de base do Flamengo, teve seu nome aprovado por Cristóvão Borges, mas as negociações ainda não foram abertas. Em 2011, Fabrício chegou a ser anunciado pelo Fluminense, mas foi descartado a pedido do departamento médico, que percebeu uma lesão no ombro do jogador, que ficou revoltado. Fabrício, além de Vitória e Flamengo, defendeu as cores de outros clubes brasileiros como Cruzeiro, Palmeiras, Atlético-PR e Paraná Clube. O jogador teve ainda uma passagem pelo futebol alemão, jogando no Hoffenheim.

Photocamera
O elenco do Fluminense deu sequência na manhã desta sexta-feira a sua preparação para o clássico (Foto:Fernando Cazaes)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade