Futebol Internacional/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Fora contra a Costa Rica, Suárez vive "luta diária" para figurar na Copa

Montevidéu (Uruguai)

Esperança de gols do Uruguai na Copa do Mundo de 2014, o atacante Luís Suárez, artilheiro do Campeonato Inglês e detentor da chuteira de ouro europeia, defendendo o Liverpool, segue lutando diariamente para ter condições de ajudar seus companheiros em solo brasileiro. Fora da estreia celeste na competição, diante da Costa Rica, com uma lesão no menisco do joelho esquerdo, o “Pistolero” foi elogiado pelos médicos no quesito recuperação e nutre esperanças de figurar nas partidas seguintes da fase inicial.

“Fiquem tranquilos. Vou lutar e fazer o possível para chegar bem ao Mundial. O apoio da população uruguaia, bem como da minha família, tem sido essencial. Me fazem batalhar ainda mais”, sintetizou Luisito, em entrevista ao jornal Ovación. A garra do camisa 7 dos Reds foi exaltada pelo Dr. Alberto Pan, que o definiu como “um leão”.

De acordo com especialistas, a probabilidade de Suárez perder o Mundial é pequena. A garra diária do dianteiro, bem como seu bom retrospecto na recuperação de lesões, faz a nação celeste respirar um pouco mais aliviada. Em 2006, o atacante passou pelo mesmo problema e se recuperou em um surpreendente intervalo de tempo: 20 dias.

Após medir forças com os costarriquenhos, no dia 14 de junho, em Fortaleza-CE, o Uruguai terá pela frente a Inglaterra, em São Paulo, e a Itália, em Natal-RN. As partidas ocorrerão, respectivamente, nos dias 19 e 24 do mesmo mês.

AFP
“Fiquem tranquilos. Vou lutar e fazer o possível para chegar bem ao Mundial", prometeu Luisito

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade