Futebol/ Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Furacão promete protestar na CBF e chama são-paulinos de ‘bambis’

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Em nota no site oficial do clube, o Atlético Paranaense reclamou muito da arbitragem de Anderson Daronco no empate em 2 a 2 diante do São Paulo, no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, pelo Campeonato Brasileiro. O lance que gerou o protesto aconteceu aos 47 minutos do segundo tempo, quando a bola bateu no braço do atacante Luís Fabiano e morreu no fundo das redes, decretando a igualdade.

Além de prometer um protesto formal na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a nota divulgada pela assessoria de imprensa citou ainda a marcação do pênalti que gerou o primeiro gol paulista, um impedimento no clássico diante do Coritiba, dando a sugestão de uma perseguição, e chama os jogadores do Tricolor de ‘Rogério Ceni e demais bambis’.

Confira a integra da nota:

‘Ontem, contra o São Paulo, nossos meninos comandaram o jogo durante todo o tempo. Em nenhum momento a garotada do CT do Caju deixou a experiência de Rogério Ceni e demais bambis superar a nossa técnica e a nossa garra.

O pênalti, pra lá de duvidoso, já estava absorvido e os contra-ataques do Furacão mostravam que a vitória poderia acontecer a qualquer momento. O gol de Cléo veio no momento certo e a vitória fazia justiça ao melhor futebol do Furacão. Mas eis que, já nos acréscimos, o jogador Luis Fabiano entrou na área como se fosse um pivô de basquete, de braços erguidos de forma desajeitada e fez o gol como se estivesse disputando um rebote no garrafão. Ele ainda olhou para o árbitro, imaginando que este anularia o lance. Mas, não, sua excelência confirmou o gol. O que dizer de um lance destes?! O mesmo que dissemos do impedimento marcado contra nós no ATLEtiba: só pode ser sacanagem!

O Clube Atlético Paranaense protestará junto à CBF, pois não dá pra deixar passar um erro desses. Mas, somos sabedores de que a demonstração de indignação maciça dos atleticanos é a única ação de fato eficiente!’

SPFC - Site Oficial
Luís Fabiano foi o autor do gol mais polêmico do jogo. A bola bateu em seu braço antes de entrar na meta atleticana. Lance foi involuntário

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade