Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Furacão tropeça e cede empate no fim para a Chapecoense

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Maringá (PR)

O Atlético Paranaense não reencontrou o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro ao ceder o empate para a Chapecoense por 1 a 1, no Estádio Willie Davids, aumentando a pressão sobre o técnico Miguel Ángel Portugal. Com cinco pontos ganhos, a equipe atleticana segue fora dos 10 primeiros na classificação. Já o adversário amarga a última colocação.

Após um pequeno atraso por falta de ambulância – que entrou em campo saudada pelo torcedor - a partida começou com o Furacão tentando impor o ritmo de jogo. Aos quatro minutos, Marcelo fez a jogada e levantou para Ederson praticamente recuar para Danilo. Aos oito minutos, foi a vez de Deivid arriscar de fora da área e obrigar o goleiro catarinense a fazer a intervenção.

A partida era truncada, sem boas oportunidades nos dois lados. Aos 19 minutos, Marcelo tentou resolver sozinho, mas adiantou demais a bola, facilitando o trabalho de Danilo. Em cobrança de falta, Marcos Guilherme mandou para fora, longe da meta. A Chape quando chegou foi de forma perigosa. Aos 26 minutos, Fabinho recebeu lançamento e bateu de primeira para grande defesa de Weverton.

O gol atleticano quase aconteceu em uma falha individual de Danilo, que saiu mal aos 33 minutos e deixou a bola na frente de Ederson, que só não contava com a recuperação de André Paulinho para salvar. Os catarinenses voltaram ao ataque apenas aos 45 minutos, com um petardo de Abuda que Weverton defendeu.

Divulgação/C. Atlético Paranaense
Atlético-PR saiu na frente, mas cedeu empate à Chapecoense aos 42 do segundo tempo (Foto: Gustavo Oliveira/Site Oficial)

Para a segunda etapa, nenhuma mudanças nas equipes. Mais uma vez o Atlético começou mais forte. Aos quatro minutos, Ederson tentou a cabeçada e Danilo praticou a defesa. O Furacão insistia nos cruzamentos, mas sem sucesso. Aos 11 minutos, Marcelo dominou na área, mas a zaga se recuperou para fazer o corte.

A partida era tecnicamente fraca, mas o Rubro-Negro dominava as ações. Danilo voltou a aparecer bem aos 22 minutos, segurando uma pancada de Ederson. Até que, aos 25 minutos, Cleberson aproveitou escanteio para testar para o fundo das redes e abrir o placar. Aos 28 minutos, Tiago Luis carimbou duas vezes a zaga e desperdiçou a chance. Aos 33 minutos, Roni testou para fora. Porém, Tiago Luís, aos 43 minutos, aproveitou cruzamento rasteiro para desviar para as redes e deixar tudo igual.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o Corinthians, quarta-feira, em São Paulo. Já a Chapecoense tem, no mesmo dia, o clássico diante do Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade