Futebol/Taça de Portugal - ( )

Gaitán vibra com título: "Tiramos forças de onde não tínhamos"

Lisboa (Portugal)

Quatro dias depois de amargar o vice da Liga Europa para o Sevilla, nos pênaltis, o Benfica voltou a festejar um título, o seu terceiro na temporada 2013/2014. Título ganho com um gol de Nicolás Gaitán diante do Rio Ave, neste domingo.

Ao final da vitória por 1 a 0 na final da Taça de Portugal, o argentino dividiu com seus colegas os méritos da rápida recuperação. "Tivemos um começo de temporada difícil, e nossa equipe tirou forças de onde não tinha", disse o jogador, em meio aos festejos no gramado do Jamor.

Foi um belo gol, o anotado pelo meia canhoto. Aos 20 minutos do primeiro tempo, ele ficou com sobra de desarme na entrada da área, puxou a bola para o pé direito e chutou forte, no ângulo da meta defendida pelo brasileiro Ederson.

"Um rebote que caiu para mim. Ali, a única coisa que daria para fazer era bater. Aconteceu que foi gol, e estou muito feliz por isso", disse o argentino de 26 anos, que também fez gol na final da Taça de Portugal do ano passado, mas viu o Benfica levar a virada do Vitória de Guimarães.

"Hoje (domingo), mostramos nossa força, depois de termos jogado 120 minutos na quarta-feira. Jogamos mais 90 minutos, debaixo de calor. Acho que foi um título merecido", opinou Gaitán, que já havia comemorado os títulos do Campeonato Português e da Taça da Liga neste ano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade