Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ganso sai do banco, dá passe e discorda de esquema de Muricy

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Sacado do time titular para que Muricy Ramalho retomasse neste sábado o esquema tático com quatro atacantes e nenhum armador de ofício, Paulo Henrique Ganso não fez questão de esconder sua insatisfação por ter começado o duelo com o Coritiba no banco de reservas. Sobretudo por ter sido dele o passe que originou o gol que evitou a derrota no Pacaembu.

"O time melhorou (quando eu entrei), criou mais chance. Com quatro atacantes, sem ninguém para criar, fica difícil", disse o meia, que também não se omitiu ao ser questionado o que faltava ao São Paulo para engrenar de vez, em meio a uma temporada de altos e baixos. "Falta achar o time e deixar esse time jogar", cutucou.

Até este sábado, o camisa 10 era, ao lado do zagueiro Antônio Carlos, o jogador que mais vezes havia atuado na temporada. A primeira vez em que iniciou no banco de reservas sob comando de Muricy, no São Paulo, foi em fevereiro deste ano, no clássico contra o Santos. Diferentemente daquela ocasião, em que saiu de campo em silêncio, desta vez ele não deixou de dar entrevista. Apesar de deixar claro seu descontentamento, não fez críticas diretas ao treinador.

"O Muricy não me explicou (por que saí do time), até porque não tem que explicar, ele é treinador e decide quem vai ou não jogar. Falar se é justo ou não (começar no banco)... Como eu disse, o Muricy é o treinador, ele é quem decide quem entra ou sai do time", comentou.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Camisa 10 são-paulino entrou em campo no segundo tempo, no lugar de Osvaldo, depois de pedidos da torcida
Ganso começou no banco para dar lugar a Pabon, assim como Boschilia perdeu vaga no time para Osvaldo. Com mais dois atacantes, Muricy armou sua formação com dois atacantes pelos lados, e Alexandre Pato livre para encostar em Luis Fabiano. Na segunda etapa, porém, colocou Ganso e Ademilson nas respectivas posições. E foi justamente a dupla quem evitou o primeiro revés no Campeonato Brasileiro.

Aos 26 minutos da etapa final, depois de levantamento de Ganso para a entrada da área, o jovem atacante esticou a perna para tentar o domínio, mas acabou encobrindo o goleiro Vanderlei, depois de Robinho e Chico terem colocado o Coritiba em vantagem momentânea. O primeiro gol da partida foi anotado pelo ex-corintiano Alexandre Pato.

Antes de voltar suas atenções novamente para a competição nacional - e enfrentar o Corinthians, em Barueri -, o São Paulo (agora com cinco pontos conquistados no Brasileiro) retorna ao Pacaembu na quarta-feira, diante do CRB, para tentar avançar de fase na Copa do Brasil, depois de ter sido derrotado de virada em Maceió.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade