Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Gareca admite interesse do Verdão em Pratto até antes de sua chegada

São Paulo (SP)

A confirmação da contratação de Ricardo Gareca pelo Palmeiras aumentou os rumores de que o clube do Palestra Itália poderia trazer o argentino Lucas Pratto nesta parada para a Copa do Mundo. O fato de o treinador ter trabalhado cinco anos no Vélez Sarsfield, clube do cobiçado atacante, seria o último trunfo utilizado pelo presidente Paulo Nobre. Menos de uma semana após sua apresentação oficial, o novo comandante alviverde confirmou o interesse.

“Do Lucas (Pratto) já havia interesse antes de eu chegar ao clube. Quanto a ele há o interesse”, disse o treinador em entrevista ao canal argentino TyC Sports. O Palmeiras, no entanto, ainda não conseguiu chegar a um acordo com o Vélez Sarsfield, que não aceitou vender apenas 50% dos direitos econômicos do jogador.

Em situação financeira complicada, o clube argentino sabe precisa fazer caixa no fechamento da temporada local. Sendo assim, não abre mão de receber 4,5 milhões de euros (mais de R$ 13 milhões) por Lucas Pratto. Outro jogador que deve estar de saída do Vélez, porém, é o zagueiro Fernando Tobio, que não renovou seu contrato com a equipe de Buenos Aires e pode voltar a trabalhar com Ricardo Gareca.

Além de falar sobre Lucas Pratto, o novo técnico do Palmeiras também negou interesse do clube no meia Juan Roman Riquelme. O ídolo do Boca Juniors tem contrato com a equipe até o dia 30 de junho e ainda não chegou a um acordo com relação à renovação. A posição de Gareca, portanto, reforça o pensamento de Paulo Nobre, que vetou uma antiga negociação do ex-presidente Arnaldo Tirone com o jogador.

“Nós combinamos que na metade de junho eu vou assumir o Palmeiras. Quiseram o Roman no passado, mas hoje já não se fala mais dele aqui. Falando sobre futebol argentino, eles comentaram sobre interesse no passado pelo Riquelme, mas nesse momento não se fala nada”, explicou Ricardo Gareca.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade