Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Giggs se escala, dá assistência e Manchester United atropela Hull City

Manchester (Inglaterra)

O Manchester United não se deu conta do Hull City e venceu por 3 a 1 nesta terça-feira, no Old Trafford, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Inglês. Restando apenas uma jornada para o fim da disputa nacional, a equipe da casa ainda tem chances de chegar à Liga Europa, mas para isso terá que torcer por um tropeço do Tottenham e também para uma vitória do Chelsea na Copa da Inglaterra. Os gols do jogo foram marcados por Wilson, duas vezes, e Van Persie, com uma bela assistência de Giggs. Fryatt descontou.

Na rodada derradeira, o Manchester encara o Southampton precisando mais do que nunca da vitória para se manter vivo na briga pela única vaga à Liga Europa. Enquanto isso, o Hull encara o Everton em casa. Por coincidência, um triunfo ajudaria seu algoz desta terça-feira.

O jogo – A única jogada importante do primeiro tempo foi criada pelo Manchester United e resultou em gol. Aos 30 minutos, Januzaj levantou a bola na área, Fellaini subiu para cabecear e acabou dando um pelo passe para James Wilson concluir com uma bomba na cara do goleiro, abrindo o placar para os donos da casa e levando a vantagem mínima para os vestiários no intervalo.

Na volta do intervalo a equipe da casa pareceu mais ligada no jogo e conseguiu ampliar a vantagem logo no início. Aos cinco minutos, após belo cruzamento na área, Fellaini conseguiu concluir, mas o goleiro do Hull City fez uma excelente defesa. No rebote, o inspirado Wilson estava no lugar certo, na hora certa, e mandou uma bomba que só parou no fundo das redes.

Quando parecia que o Hull não teria mais forças para reagir perante a força da equipe de Manchester, os visitantes diminuíram logo em seguida. Matthew Fryatt fez uma belíssima jogada, deixou o marcador procurando a bola e acertou um chute de muito longe. O arqueiro de Gea nada pôde fazer para evitar o golaço.

AFP
De técnico a jogador, Giggs foi fundamental na goleada do Manchester United sobre o Hull City

Aos 33, o Hull City pareceu mais vivo do que nunca. Em jogada pela direita, Meyler viu a bola sobrar para ele acertar um chute fortíssimo que enganou a zaga adversária. Mas, dessa vez, de Gea estava atento e fez uma bela defesa.

No finzinho, o Manchester acabou com qualquer esperança dos donos da casa de conquistarem o empate. Aos 42, o técnico Ryan Giggs, que havia se colocado em campo minutos antes, deu um pelo passe para Van Persie. De dentro da área, o holandês não encontrou nenhuma dificuldade para finalizar. Na primeira tentativa o goleiro defendeu, mas no rebote o jogador não perdoou e ampliou a vantagem.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade