Futebol/Copa do Brasil - ( )

Gol anima, mas Lucão não irá nem para o banco no domingo

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O jovem Lucas Silva, chamado por Muricy Ramalho de Lucão (apelido que ganhou na base do São Paulo), estava eufórico na saída de campo do Pacaembu, na quarta-feira. Depois de ter feito seu primeiro como profissional, na vitória por 3 a 0 sobre o CRB, o zagueiro de 18 anos concedeu uma longa entrevista, na qual considerou ter ido bem diante da chance recebida. Mas, minutos depois, o técnico avisou que ele ainda precisa amadurecer.

"Está um pouco verde ainda", opinou seu chefe. "No primeiro tempo, ele sentiu muito, tomou muitas bolas nas costas. Orientamos ele em relação a isso (no intervalo). É um jogador de futuro, tem que ter paciência. Ele tem personalidade e marca bem, mas ainda vai melhorar muito. Está chamando atenção há algum tempo, visto de perto no dia a dia. Mas não é jogador para agora".

Lucas Silva só atuou nesta quarta-feira - e marcou um gol de cabeça aos quatro minutos do segundo tempo - porque dois zagueiros estavam impossibilitados. Rodrigo Caio, titular da posição, por ter sido expulso no jogo de ida contra o CRB, em Maceió. Paulo Miranda, que seria o substituto imediato, está lesionado. Na disputa particular com Edson Silva, pesou o fato de ser destro e não ter que forçar uma mudança de posicionamento de Antônio Carlos, já acostumado a atuar pelo lado esquerdo da zaga.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Zagueiro de 18 anos marcou seu primeiro gol como jogador profissional ao substituir o titular Rodrigo Caio
Até por conta disso, serão raras as próximas chances na equipe titular e até mesmo no banco de reservas. Ainda no Pacaembu, Muricy avisou que o garoto não será nem sequer relacionado para o clássico de domingo, contra o Corinthians, em Barueri, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. "Tem que ter calma, sem pressa, porque ele é muito importante para nós", justificou o treinador, que terá Rodrigo Caio à disposição na competição nacional por pontos corridos.

Independentemente do tempo em que precisará esperar por uma nova oportunidade, o garoto saiu contente do Pacaembu. "O Muricy sempre me pede para trabalhar, porque, uma hora, a oportunidade aparece, e você tem que aproveitar. Hoje (quarta-feira), pude aproveitar da melhor maneira possível. Foi muito bom compartilhar essa alegria também com o torcedor", falou o jovem beque.

Além de Lucas Silva, balançaram a rede do CRB o atacante Osvaldo e o goleiro Rogério Ceni (de pênalti). Com o resultado, o São Paulo reverteu a vantagem que a equipe alagoana havia criado na partida de ida, em Maceió, e avançou à terceira fase da Copa do Brasil. O próximo adversário no torneio mata-mata será Figueirense ou Bragantino, que fizeram o primeiro duelo na quarta-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade