Futebol Internacional/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Goleiro da Costa Rica sonha com bom desempenho: "Nada é impossível"

San Jose (EUA)

A missão da Costa Rica na Copa do Mundo de 2014 será a mais difícil de sua história no futebol. A seleção tricolor é a única que não conquistou um título mundial dentre os integrantes do Grupo D, que abriga Inglaterra, Itália e Uruguai. Porém, estar ao lado de três seleções com conquistas internacionais não deixa o goleiro Keylor Navas preocupado. Na visão do arqueiro de 27 anos, ídolo local e destaque do Levante no Campeonato Espanhol, La Seletem potencial para surpreender os favoritos.

“Na vida, nada é impossível. Estamos ao lado de seleções de alto nível, que costumam ir ao Mundial e ter boas atuações. Mas isso é algo que nos motiva. É um desafio muito importante em nossas vidas. Não dá para traçar nenhum prognóstico. Precisamos jogar as partidas e vamos com muita expectativa para os confrontos. São 90 minutos de esperança”, discorreu, em entrevista ao site da Fifa.

Adiante, o arqueiro, detentor do maior índice de defesas da elite espanhola (78%), descartou qualquer tipo de temor por enfrentar atacantes como Luís Suárez, Mario Balotelli e Wayne Rooney: “Tenho a oportunidade de atuar em uma liga muito competitiva. A cada domingo, é possível enfrentar os melhores do mundo. Esse nervosismo por enfrentar grandes figuras eu já superei. Sinto-me tranquilo. Será um belo desafio e até vejo uma vantagem para nós. Por eles serem tão famosos, qualquer pessoa os conhece e sabe quais são suas características”, revelou.

Fã do italiano Buffon, Navas exaltou o trabalho do técnico Jorge Luís Pinto, responsável por deixar a Costa Rica na segunda posição do hexagonal final da Concacaf: “Ele é uma pessoa bastante existente. Tem trabalhado todos os aspectos conosco, mas, acima de tudo, a organização. Somos uma seleção mais coesa. Fizemos muito para aperfeiçoar a comunicação entre o goleiro e a defesa e a cada treino buscamos a mesma concentração, como se estivéssemos em uma partida oficial. Assim nos sentimos bem”, completou.

A Costa Rica estreia na Copa do Mundo diante do Uruguai, no dia 14 de junho de 2014, às 16 horas (de Brasília). O palco do confronto será a Arena Castelão, em Fortaleza-CE.

AFP
"Esse nervosismo por enfrentar grandes figuras eu já superei. Sinto-me tranquilo", sintetizou Keylor Navas

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade