Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Grêmio valoriza ponto, mas lamenta chances perdidas na Vila Belmiro

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Quatro dias após a eliminação na Libertadores e ainda visivelmente abatido pela derrota nos pênaltis para o San Lorenzo, o Grêmio valorizou o empate em 0 a 0 com o Santos na Vila Belmiro. Os jogadores gaúchos salientaram a dificuldade histórica de conquistar pontos na casa do Peixe. Ainda assim, ficou na boca um gostinho de que dava para ter conquistado um resultado ainda melhor neste sábado.

“Tínhamos a chance de ganhar o jogo, tivemos oportunidades de fazer o gol, mas infelizmente não saiu. O importante é que o time foi bastante bem, fico contente por isso”, analisou o volante Riveros. “Num jogo difícil como esse, de muita marcação, estudado, não podíamos perder as oportunidades”, lamentou o meia Rodriguinho.

O lateral esquerdo Wendell aprovou o empate lembrando a velha máxima de quem quer buscar o título brasileiro: “no Brasileiro é importante fazer pontos fora de casa. Se a gente fizer sempre 3 pontos em casa e 1 fora, chegaremos no nosso objetivo, que é o título”.

Para o goleiro Marcelo Grohe, o empate conquistado logo após a eliminação na Libertadores serve para acalmar o ambiente no Tricolor: “depois de uma desclassificação, pontuar é sempre bom. No Brasileiro, todo ponto é importante. Agora teremos uma semana para absorver tudo o que aconteceu nesta semana, descansar a cabeça e voltar forte no domingo que vem”, projetou.

Até hoje, o Tricolor só venceu duas vezes na Vila Belmiro: em 1999, pela Seletiva para a Libertadores, e em 2011, pelo Brasileirão, ambas por 1 a 0. Com o empate, o Grêmio sobe para 4 pontos no Brasileiro e, domingo, fará seu terceiro jogo fora de casa nas primeiras quatro rodadas. A equipe gaúcha visitará a Chapecoense, na Arena Condá.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade