Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Guerrero comemora vacilo de Fábio; Walter defende colega de gol

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Paolo Guerrero deu a sua explicação para o lance que definiu a vitória por 1 a 0 do Corinthians sobre o Cruzeiro, na noite de quarta-feira, no Canindé. O gol da partida foi marcado em chute de muito longe do peruano, no canto esquerdo do goleiro Fábio, que se atrapalhou e teve a rede balançada.

“Chutei com força. Sabia que o goleiro ia dar o rebote ou a bola ia entrar”, afirmou o centroavante, satisfeito com o desempenho do time do Parque São Jorge diante do líder. “Era um rival direto. A gente fez um bom jogo no primeiro tempo, mas faltou o gol. Conseguimos no segundo.”

Já o goleiro Walter mostrou compreensão com a falha de Fábio, que estava bem no jogo até o erro. “É um lance difícil. O campo está fofo, cheio de areia, e muita gente não vê isso. Ele está fazendo um belo campeonato, é um baita goleiro e vai dar a volta por cima”, comentou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Fábio estava bem na partida até cometer a falha que definiu o confronto para o Corinthians
Walter teve um desempenho mais sólido. Fez boas defesas, especialmente no primeiro tempo, e manteve a segurança após a abertura do placar. Já nos acréscimos, defendeu um cabeceio de Borges, sem rebote, encerrando a chance de reação do adversário celeste.

“Foi ótimo. Consegui ajudar”, sorriu o camisa 27, escalado no lugar do contundido Cássio. Como o titular só terá condições de jogo após a parada do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo, o reserva terá mais uma chance no domingo, contra o Botafogo, em Itaquera.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade