Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Guto aprova evolução do Figueirense, mas pede avanço um pouco maior

Araraquara (SP)

O Figueirense não conseguiu manter o mesmo embalo após a vitória sobre o Corinthians na última rodada, e acabou sendo derrotado pelo Palmeiras nesta quinta-feira, por 1 a 0, em Araraquara. O futebol mostrado pela equipe, no entanto, renovou as esperanças de seu torcedor. Após um começo muito ruim, a equipe catarinense vem evoluindo na competição, somou os seus primeiros pontos, e agora visa deixar a zona de rebaixamento nas próximas rodadas.

O treinador Guto Ferreira, um dos responsáveis por esta mudança de postura, aprovou o desempenho desta quinta, mas pediu um novo passa para os próximos jogos. “Temos que conseguir um avanço um pouco maior. Em casa o campo é menor e podemos roubar a bola mais na frente, pressionar e ter mais força de chegada. Aí não precisamos propor o jogo o tempo todo. Podemos usar a roubada de bola para ter uma boa chegada”, disse o comandante, que não promover grandes alterações para a próxima rodada.

“Não vamos mudar o esquema. Com relação às peças, precisamos avaliar quem terá condições. Se mudar o time o tempo todo, tira a confiança de quem está jogando e perde a possibilidade de crescimento. Tem que ver quem entra e tem rendimento melhor do que quem está em campo. É mais fácil tentar tirar algo mais de quem está jogando, mas se tiver alguém crescendo a ponto de ser titular, farei as mudanças necessárias”, acrescentou Guto Ferreira.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O treinador Guto Ferreira, um dos responsáveis pela mudança, aprovou o desempenho desta quinta
Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o Figueirense tenta chegar à primeira vitória como mandante, diante do Goiás, no Orlando Scarpelli. O treinador da equipe catarinense espera contar com o apoio de sua torcida, pedindo apoio incondicional ao longo dos noventa minutos. O plano de Guto Ferreira é escapar da zona do rebaixamento antes da parada para Copa do Mundo.

“Até a parada temos jogos importantes, sendo dois dentro de casa. Contamos com o apoio da torcida. Se vaiar, a confiança do time vai lá embaixo. No próximo jogo vamos conseguir fazer três pontos e com eles vamos conseguir terminar a rodada fora da zona de rebaixamento. Peço aqui para acreditarem no que está sendo feito e jogar junto. Essa união entre time e torcida é muito importante e poderemos colher frutos dessa parceria”, finalizou o comandante.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade