Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Guto Ferreira não quer lamentações após três derrotas no Brasileiro

Florianopolis (SC)

Após três derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro – pior início da história do Figueirense desde que a competição começou a ser disputada em pontos corridos, em 2003 – o técnico Guto Ferreira não quer nenhum atleta do Alvinegro lamentando os resultados do Campeonato Brasileiro.

“Chorar não adianta, nem reclamar. É trabalhar, dar força, dar confiança para quem deve entrar. O Marquinhos entrou bem no domingo, é uma opção. E é apostar e fazer as melhores escolhas para na próxima partida termos um desempenho melhor”, afirmou Guto Ferreira ao Diário Catarinense.

A equipe catarinense não teve início ruim na competição nem mesmo quando foi rebaixada, em 2008 e 2012. Apesar do mau resultado em sua estreia, o treinador vê melhoras na equipe e comenta que muitas mudanças não estão dentro da tática ideal para o Figueirense.

“Foi um time que buscou. Não conseguiu, mas buscou, foi um time que teve entrega. Não podemos ficar toda hora mudando. A equipe teve dificuldade nos primeiros 30 minutos, mas com repetição vamos melhorando. Se eu ficar toda hora mudando o esquema não vou a lugar nenhum, vamos criar um embaraço na cabeça dos jogadores”, reiterou.

O treinador ainda ressaltou o que quer da equipe nos próximos compromissos: “A mudança é mais de postura de marcação, mas temos que melhorar algumas situações, sacramentar na cabeça a mecânica de jogo e alguns jogadores nas posições procurarem e jogarem um pouco mais”.

Divulgação/Figueirense
Guto Ferreira chegou no Figueirense e já conheceu primeira derrota. Treinador busca a reação da equipe (Foto: Luís Felipe))

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade