Futebol/Copa Brasil - ( - Atualizado )

Internacional goleia o Cuiabá e se classifica na Copa do Brasil

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O susto do jogo de ida não ocorreu no Beira-Rio. Depois de conseguir um suado empate em 1 a 1 no Mato Grosso, o Internacional passou sem grandes sustos pelo Cuiabá e está na 3ª fase da Copa do Brasil. A goleada por 4 a 1 desta quarta-feira foi construída com dois gols de Alex, um de Rafael Moura e outro de Fabrício. Alan Popó descontou.

O Inter começou o jogo pressionando o Cuiabá e chegou ao gol aos 23 minutos. A equipe mato-grossense, porém, reagiu, e por pouco não empatou antes do intervalo. Na volta do segundo tempo, o Colorado voltou com tudo, chegou ao segundo gol cedo e definiu de vez a parada, complementada com dois gols nos minutos finais.

Classificado, o Internacional espera agora o vencedor do confronto entre Chapecoense e Ceará para conhecer seu adversário na 3ª fase da Copa do Brasil – os cearenses ganharam a partida de ida em Chapecó por 2 a 1. Pelo Brasileiro, o Colorado volta a campo domingo, diante do Criciúma, no Heriberto Hülse.

Divulgação/Vipcomm
A dupla formada por D'Alessandro e Alex brilhou novamente e levou o Inter à próxima fase. Foto: Jefferson Bernardes.
O jogo – Mesmo com a vantagem de poder empatar em 0 a 0, o Inter dominou completamente os minutos iniciais. A primeira chegada veio aos 8 minutos, em desvio para fora de Rafael Moura na área. Na jogada seguinte, o goleiro Willian Alves pegou firme um cabeceio do He-Man. Aos 18, Aránguiz lançou D’Alessandro, que cruzou para Rafael Moura. O centroavante escorou e Alan Patrick mandou de primeira, por cima, com grande perigo.

Aos 23, o Inter enfim chegou ao gol. Rafael Moura recebeu na intermediária e deu ótimo passe infiltrado para Alex, que desviou de Willian Alves e fez 1 a 0. O Cuiabá, porém, mostrou a mesma personalidade do jogo de ida e tratou de reagir. No minuto seguinte ao gol sofrido, Ernando afastou o perigo da área colorada após um perigoso bate-rebate. Aos 25, Diego Oliveira desviou de cabeça cobrança de escanteio e quase empatou o jogo.

O Inter teve uma chegada de relativo perigo aos 31, em chute fraco de Rafael Moura, mas o Cuiabá seguia sendo mais perigoso. Aos 42, Gílton levantou para a área, Luís Eduardo desviou e Dida salvou. Aos 44, Everton Cezar soltou uma bomba alta demais, por cima do travessão.

Divulgação/Vipcomm
Rafael Moura fez 2 a 0 para o Inter, dando tranquilidade ao Colorado. Foto: Jefferson Bernardes
Na volta do intervalo, o Inter se assentou, dominou o Cuiabá e definiu a parada rápido. Aos sete minutos, Juan quase marcou após cruzamento de Aránguiz. Três minutos depois, o chileno cruzou para Rafael Moura ampliar de cabeça. O 2 a 0 obrigava o Cuiabá a fazer dois gols para se classificar. Mas foi o Inter que quase fez o terceiro, aos 17, em chute cruzado perigoso de Alan Patrick. Aos 21, D’Alessandro chutou, a bola desviou na zaga e saiu na rede pelo lado de fora.

Passada esta pressão forte do Inter, o jogo caiu de ritmo. Aos 21, Dida defendeu em dois tempos uma tentativa de Mirita. Dez minutos depois, Aldair chutou, a bola desviou em Juan e quase entrou. Aos 34, D’Alessandro quase deixou o seu, mas Willian Alves fez grande defesa. Dois minutos depois, Alex perdeu a chance após jogada de D’Ale.

Foi nos minutos finais que a goleada se concretizou. Aos 40, Aránguiz fez boa jogada e Alex marcou o terceiro, vencendo o goleiro Willian Alves: 3 a 0. Aos 44, Fabrício desviou de cabeça após escanteio e fez o quarto. Nos descontos, Alan Popó fez o gol de honra dos visitantes, encobrindo Dida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade