Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Jogadores da Portuguesa colocam culpa na arbitragem por empate

Volta Redonda (RJ)

Após o empate contra o Vasco neste sábado pelo Campeonato Brasileiro da Série B, em Volta Redonda, os jogadores da Portuguesa colocaram a culpa no árbitro André Luiz de Freitas Castro, de Goiás, no resultado final da partida. O principal lance de reclamação dos atletas do clube paulista é o gol anulado aos 40 minutos do segundo tempo. No lance, o meia Allan Dias dominou a bola com o ombro antes de mandar para o fundo das redes, mas o juiz entendeu que a esférica bateu na mão do autor do tento.

O autor do gol descreveu o lance e a demora para a decisão de anular o tento da Lusa. ““Nem o que falar. O bandeira correu para o meio (confirmando o tento) e o árbitro também foi, mas depois alguém falou algo pra ele. Isso fez com que ele voltasse atrás da decisão inicial”, explicou o jogador da Portuguesa à Super Rádio 1150.

Outro que não gostou do trio de arbitragem foi o goleiro Tom. “Com certeza fomos prejudicados. É só puxar o histórico de jogos que a gente fez e anularam gols de maneira incorreta. Acho que isso prejudica bastante porque a gente está em uma situação difícil. Esses pontos podem fazer falta no final do campeonato”, reclamou o jogador ao canal Premiere FC.

Divulgação/Portuguesa
Allan Dias fez o gol anulado aos 40 minutos do segundo tempo. O tento daria a vitória para a Portuguesa

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade