Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Jogadores do Cruzeiro reclamam de arbitragem no revés para o Galo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Os jogadores do Cruzeiro reclamaram muito da atuação do árbitro Heber Roberto Lopes no clássico deste domingo, no Independência. Na avaliação do atacante boliviano Marcelo Moreno a Raposa foi prejudicada com um pênalti, que segundo ele, não teria existido, o que motivou reclamações e um cartão vermelho para o atleta após o fim do jogo.

"Quero ver o que o árbitro vai colocar na súmula. Falei apenas que foi injusto, a expulsão do Luan e o pênalti, que não existiu. Falei normal. Ele me expulsou após o jogo. Vou esperar para ver o que ele vai colocar na súmula. Atrapalhou a nossa liderança no campeonato. Poderíamos ter saído daqui com o resultado melhor”, declarou.

O lateral-direito Mayke foi mais comedido na hora de comentar sobre a arbitragem, mas afirmou que os lances que teriam beneficiado o Atlético-MG foram no mínimo duvidosos. O jogador avalia que o Cruzeiro estava bem no jogo, mas teve a missão dificultada pela expulsão de Luan. Mayke, porém, já pensa no duelo contra o San Lorenzo pela Libertadores.

“Nossa equipe estava bem na partida, o árbitro deu um pênalti que não sei se foi, mas estávamos conseguindo jogar, aí um foi expulso e nosso time teve um pouco de dificuldades. Fizemos um jogo bom, poderíamos ter vencido, mas agora e concentrar forças na Libertadores para revertermos a vantagem do San Lorenzo”, comentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade