Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Kleina adota cautela com Luis Felipe e mantém esperança por Moreira

William Correia São Paulo (SP)

Gilson Kleina liberou o empréstimo de Bruno Oliveira para o Guarani e, com isso, Luis Felipe, que acaba de voltar a treinar com o elenco principal, ganha espaço. Mas o técnico quer na lateral direita alguém que ele pede à diretoria do Palmeiras desde o ano passado: Jorge Moreira.

A diretoria não conseguiu se acertar com o Libertad e os empresários que detêm parte dos direitos econômicos do paraguaio no fim do ano passado. Agora, entrou em desacordo com um investidor que bancaria a sua contratação. Kleina, contudo, ainda sonha com o jogador de 24 anos que nunca atuou pela seleção principal de seu país.

“É necessário ver o lado comercial, mas tentamos ainda alguém com quem já tínhamos perdido a esperança e voltou: o Moreira. Nossos esforços estão em cima disso”, contou o treinador, avisando, contudo, que “outros nomes também estão sendo trabalhados”.

Moreira já cansou de manifestar até publicamente o seu desejo de jogar no Verdão. Acertou salários com o clube desde dezembro, quando o diretor executivo José Carlos Brunoro chegou a ir para Assunção para contratá-lo. No momento, a aposta do Palmeiras em gastar pouco com ele está na necessidade do Libertad e de seus investidores de negociá-lo para lucrar antes do fim de seu contrato, que acaba em dezembro.

A Kleina, só resta ressaltar a necessidade de alguém da posição. “Precisamos de mais um lateral direito para trabalhar e equilibrar o grupo. É uma posição muito carente. Só temos o Wendel e, quando ele se lesionou, tivemos que improvisar. Na Série A, a exigência técnica é muito grande e temos que contar com jogadores de todas as posições porque não tem refresco, cada jogo é um obstáculo.”

Fernando Dantas/Gazeta Press
Luis Felipe (à direita) voltou a treinar com o elenco principal recentemente e ainda terá que esperar por uma chance
Na derrota para o Ituano que tirou o Verdão na semifinal do Paulista, o zagueiro Tiago Alves jogou na lateral porque Wendel estava machucado e Bruno Oliveira, agora emprestado ao Guarani até dezembro, já tratava de sua segunda lesão no ano. Para completar treinos, tem sido usado Léo Cunha, que defende o time sub-20 do clube.

Luis Felipe voltou a treinar com Kleina recentemente. O jogador tinha ação judicial para se aproveitar de erro na digitação de contrato e sair do clube. Durante o imbróglio, trabalhou em horário separado do elenco principal e, por conta disso, ainda não será usado. O técnico gostaria que o jogador renovasse o vínculo que acaba em dezembro e mantivesse o foco no time antes de ser relacionado.

“O Luis Felipe é patrimônio do clube. O Palmeiras faz de tudo para que ele tenha uma continuidade e tempo muito maior. Mas, nesse período que passou, fez outro tipo de trabalho e, agora, faz uma readaptação. Vamos ver o desfecho para que entre em acordo com a direção e tenha uma vida vitoriosa dentro do clube”, explicou Kleina.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade