Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Luverdense vira em cima do Boa Esporte e chega ao G-4 da Série B

Lucas do Rio Verde (MT)

Jogando com muita vontade e disposição, principalmente no segundo tempo, o Luverdense mostrou que vai dar muito trabalho para os adversários na Série B do Brasileiro. O time de Lucas do Rio Verde venceu o Boa Esporte, de virada, por 4 a 2, nesta terça-feira, no estádio Passo das Emas, chegando ao G4 da competição nacional.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo veterano Fábio Júnior, que mostrou que ainda sabe o caminho das redes. No segundo tempo, o Luverdense mostrou força para buscar a virada no marcador. Washington, que marcou duas vezes, Léo e Gilson garantiram a virada. Thiago Carvalho ainda fez o segundo dos mineiros, mas não conseguiu evitar a derrota. O time de Lucas do Rio Verde chegou aos 12 pontos, na terceira posição da Série B.

Na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro o Boa Esporte vai receber o Avaí, na próxima sexta-feira, no estádio Melão, em Varginha. Já o Luverdense terá um dia a mais de preparação para poder visitar o Sampaio Corrêa.

O jogo – O duelo em Lucas do Rio Verde começou morno, com muita disputa de bola no meio-campo, mas pouca criatividade das duas equipes, o que se refletiu no número de conclusões em gol, que foram escassas nos primeiros minutos. Aos poucos, o Boa Esporte foi gostando da partida e levando mais perigo, até que no primeiro chute em gol abriu o placar.

Aos 11, o veterano artilheiro Fábio Júnior recebeu lançamento no meio da zaga Luverdense, e saiu na cara do goleiro Gabriel Leite, mostrando o mesmo faro de artilheiros de tempos anteriores para tocar com categoria no canto esquerdo, abrindo o placar em favor do time boveta. Em desvantagem, o time da casa foi obrigado a sair em busca da igualdade, porém, encontrou dificuldades com a marcação encaixada da equipe de Varginha.

Arte GE.Net
Mesmo com a melhora do Luverdense na partida, a Coruja do Sul de Minas seguiu controlando o duelo com relativa tranquilidade. O time do técnico Júnior Rocha abusou do direito de errar passes e das falhas de posicionamento, o que dificultou muito uma reação, o que irritou os torcedores presentes no estádio Passo das Emas.

Ainda no primeiro tempo, o Boa Esporte perdeu dois jogadores por motivo de contusão. O zagueiro Walace e o atacante Fernando Karanga foram substituídos por Mateus e Rafael Ratão, respectivamente. Coincidência ou não, depois de disso, o Luverdense cresceu de produção ameaçando o goleiro Emerson em alguns momentos.

Na volta para a etapa final, o time da casa procurou ser mais agressivo, exercendo pressão em cima dos mineiros. Logo aos três minutos, o avante Reinaldo acertou ótima cabeçada, que tocou no travessão antes de sair, levantando o torcedor nas arquibancadas. Acuada, a Coruja tentou esfriar o ritmo do jogo, ganhando tempo nos lances de bola parada.

A estratégia não surtiu efeito, isso porque, aos 12, Reinaldo rasgou a defesa mineira com um lançamento preciso para Washington, que tocou na saída de Emerson deixando tudo igual no placar. Com uma postura bem diferente dos 45 primeiros minutos, o Luverdense controlou as ações jogando com muita velocidade.

A virada passou a ser somente questão de tempo, e aos 23, ela apareceu dos pés do atacante Léo, que foi esperto para antecipar a marcação do Boa Esporte, fuzilando o goleiro Emerson e colocando o Luverdense em vantagem. Após tomar a virada, Nedo Xavier orientou os comandados a adiantar a marcação, mas de nada adiantou, porque foi o Luverdense que ampliou novamente com Washington.

Ainda teve tempo para o zagueiro Thiago Carvalho esboçar reação. Aos 38, o defensor boveta subiu mais que toda a zaga da equipe da casa, e de cabeça, diminuiu o prejuízo. Para fechar o placar, aos 49, Gilson aproveitou bobeada da zaga do time de Varginha e confirmou a vitória por 4 a 2.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade