Futebol/ Brasileiro Série A - ( )

Mancini quer reforços e admite grande chance na saída de Lodeiro

Rio de Janeiro (RJ)

Após a derrota para o Goiás, por 2 a 0, nesta quarta-feira, em Juiz de Fora, pela Série A, o técnico Vagner Mancini ressaltou a importância de reforços para ter um melhor equilíbrio na equipe. O estrategista também prevê a saída de Lodeiro e ainda fez questão de elogiar a contratação do meia Carlos Alberto.

O comandante do Botafogo, entretanto, não quer pesar as derrotas nas costas dos jogadores jovens do time: “Temos um elenco pequeno, e não seria justo depositar nos jovens o peso da responsabilidade”. O treinador também avisou aos torcedores que o clube já está se mobilizando para reforçar o Glorioso e detalha a política de contratações do clube: “Estamos buscando novos atletas no mercado, de preferência por empréstimo para ajudar no pagamento dos salários. O grupo de jogadores sabe da dificuldade, mas felizmente o elenco é maduro quanto a isso e entende a situação do clube”.

O Botafogo encontra-se apenas na 13ª posição na tabela do Brasileiro, porém Mancini mantém forte seu discurso otimista sobre a participação do clube no principal torneio nacional: “Eu sou otimista. Eu acho que o Botafogo vai brigar lá em cima. Já vivi em outros clubes uma situação semelhante, em que arrumamos a casa com o que tínhamos. Eu quero reforços não só para fortalecer o time, mas também o grupo naquilo que todos nós queremos. Quero ter um grupo mais equilibrado para suportar a pressão que todo time grande sofre”.

Divulgação/Botafogo F. R.
Mancini defendeu a contratação do meia Carlos Alberto, mas consultou o elenco antes do clube fechar o negócio

O treinador ainda afirmou que Dória deve ficar no clube após o término da Copa do Mundo, mas lamentou a grande chance que o uruguaio Lodeiro tem de sair do Glorioso após o Mundial: “O Dória é uma liderança muito forte e temos uma chance maior de tê-lo de volta. Quanto ao Lodeiro acho muito difícil, porque é um atleta que tem muito mercado e há o interesse de outras equipes”.

Sobre a polêmica contratação do meia Carlos Alberto, Mancini não vê problemas devido ao talento do jogador e diz que consultou o elenco antes do clube oficializar o negócio: “O Carlos Alberto é um talento. Todo mundo reconhece. Nem sempre ele foi bem, mas eu estive com ele em 2010 no Vasco e foi um exemplo de profissional. Antes da contratação, perguntei ao grupo de jogadores e a resposta foi unânime a favor da contratação dele. O Carlos Alberto pode ser um diferencial no time daqui para a frente”.

O Botafogo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na próxima quarta-feira, às 22 horas, contra o Grêmio, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade