Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Manhã na Comary tem caminhão de bombeiro atolado e neblina

Tossiro Neto Teresópolis (RJ)

Logo na entrada da Granja Comary, um caminhão do Corpo de Bombeiros chamava atenção, na manhã desta segunda-feira, segundo dia de preparação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo, por estar atolado no barro.

O veículo ficou preso ao tentar uma manobra para sair do gramado em que estava estacionado. Por muito tempo, sete bombeiros tentaram, sem sucesso, alternativas para que os pneus traseiros se soltassem. A única solução encontrada foi diminuir o peso esvaziando seu tanque de água.

Enquanto os bombeiros sofriam na entrada do CT, os três goleiros da equipe nacional se exercitavam pela primeira vez com bola, sob orientação do preparador de goleiros, Carlos Pracidelli. A prática se deu sem problemas, em tempo exato antes de uma neblina bem mais intensa se formar nos campos, por volta de 11 horas.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Solução encontrada para que os pneus enfim se soltassem foi esvaziar o tanque de água do veículo
Nesta época do ano, essa condição climática é recorrente em Teresópolis, por se tratar de uma região serrana do Rio de Janeiro. Já houve, inclusive, ocasiões em que a Seleção teve treinos cancelados, porque a nuvem dificulta muito a visibilidade tanto da bola quanto dos jogadores.

O primeiro treino do elenco todo está programado para a manhã desta quarta-feira. Antes disso, os 23 jogadores convocados, incluindo Marcelo - o lateral esquerdo do Real Madrid se apresentou na manhã desta terça, três dias depois de ter sido campeão europeu -, estão sendo submetidos a detalhados exames médicos e avaliações físicas.

O Brasil estreia na Copa do Mundo em 12 de junho, diante da Croácia, em Itaquera. Há, no entanto, dois amistosos agendados até lá, contra Panamá (daqui a uma semana, no Serra Dourada, em Goiânia) e Sérvia (em 6 de junho, no Morumbi).

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade