Futebol - ( - Atualizado )

Mano cobra bastante em treino, mas diz passar tranquilidade aos atletas

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Mano Menezes deu vários gritos durante o coletivo que comandou na tarde de sexta-feira no centro de treinamento do Parque Ecológico. Ele se irritou particularmente com erros no domínio da bola e no passe, algo que considerou normal na busca pelo crescimento do Corinthians.

“São cobranças naturais de treinamento. A gente precisa ir buscando um nível maior a cada treino, e cabe ao treinador fazer isso. São jogadores importantes, de muita qualidade, que precisam tomar mais decisões certas do que erradas. Eles se esquecem um pouco disso, e cobrança no treinamento acontece”, afirmou.

Apesar dos berros, Mano procurou minimizar o clima pesado após três partidas sem vitória no Campeonato Brasileiro. Ele lembrou que o Corinthians era o líder da competição antes dessa sequência e que a distância para o primeiro colocado ainda é de apenas quatro pontos.

Divulgação/Agência Corinthians
Não foram raros os gritos de Mano Menezes no coletivo de quinta-feira (foto: Daniel Augusto Jr.)
“Tudo tem repercussão muito grande no Corinthians. Quando estivemos temporariamente na liderança, fiz questão de não valorizar muito isso porque não era algo tão consistente para comemorar. Da mesma maneira, agora, estou passando tranquilidade e, ao mesmo tempo, buscando melhora”, comentou.

De acordo com o gaúcho, que espera ansiosamente pela possibilidade de usar Elias após a Copa do Mundo, é possível crescer antes da parada no calendário. “Temos condição de render mais. Não foi por falta de qualidade individual que não rendemos nos últimos dois jogos. Foi por questão coletiva de equipe. Precisamos passar tranquilidade para os jogadores renderem.”

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade