Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Marcelo Oliveira lamenta derrota e acha que empate seria mais justo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O técnico Marcelo Oliveira lamentou o revés por 1 a 0 do Cruzeiro diante do Corinthians nesta quarta-feira, entendendo que o empate seria um resultado mais justo pela produção das duas equipes. O treinador enxergou um jogo equilibrado com poucas chances de gol, mas frisa que as oportunidades mais claras foram da Raposa.

“Foi muito equilibrado e competitivo, com poucas chances de um lado e outro. No primeiro tempo, o Cruzeiro teve as duas melhores chances, muito claras. Uma com o Borges e outra com o Henrique. Depois do gol, o Corinthians foi contagiado pela torcida. Ainda assim, chegamos sem muita clareza. O Cruzeiro lutou, mas aqui foi muito difícil e, infelizmente, perdemos pontos que gostaríamos de ter levado para Belo Horizonte”, avaliou.

O comandante celeste afirma que o normal seria um resultado de empate, mas reconheceu os méritos do Corinthians, que conseguiu fazer o gol. “Acho que o jogo estava se encaminhando para o empate. Não que os times estivessem jogando para empatar, só acho que seria mais justo. Mas é justo e tem o mérito também ganhar quem faz o gol”, declarou.

O gol que culminou na derrota cruzeirense teve participação decisiva do goleiro Fábio, que admitiu falha no lance, mas o técnico Marcelo Oliveira poupou o jogador colocando a culpa no gramado do Canindé. “Primeiro, que pode acontecer com qualquer goleiro. Mas também acho que foi muito mais pelo campo. A bola quicou e acabou atrapalhando”, disse.

Divulgação/Agência Corinthians
O Cruzeiro foi derrotado pelo Corinthians na noite de quarta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr.)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade