Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Marcelo Oliveira reclama de postura do time, mas crê em vaga

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O técnico Marcelo Oliveira não gostou da postura do Cruzeiro no primeiro tempo do jogo contra os argentinos do San Lorenzo. Segundo ele, a Raposa encontrou dificuldades na marcação e não conseguiu jogar, o que foi corrigido para etapa final, mas a equipe acabou sofrendo um gol em lance de bola parada.

“É natural que em um jogo desses eles viessem para cima, e sustentamos bem os primeiros 15 minutos, mas tivemos dificuldades na marcação, principalmente do lado direito. Não conseguimos jogar no primeiro tempo. Erramos na parte técnica e jogamos muito pouco. No segundo tempo saímos mais para o jogo, não demos chances ao adversário, e levamos o gol em uma jogada improvável”, analisou.

Apesar da derrota na Argentina, Marcelo Oliveira se mostrou confiante na vaga do Cruzeiro atuando dentro do Mineirão. O treinador sabe que os celestes vão precisar vencer por dois gols de diferença, mas aposta na força da torcida no Gigante da Pampulha para conquistar o placar necessário e avançar na Libertadores.

“Estou absolutamente confiante no jogo de volta. Da mesma forma que eles foram empurrados pela torcida aqui, dentro do Mineirão temos um bom aproveitamento, e espero que a gente possa modificar essa situação. Temos todas as condições, embora a equipe do San Lorenzo seja muita rápida e madura também”, declarou.

AFP
Marcelo Oliveira se decepcionou com a atuação do Cruzeiro na Argentina. Foto: Maxi Failla

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade