Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Marcos brinca e evita conselho a Rogério Ceni sobre aposentadoria

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Rogério Ceni já anunciou que esta é sua última temporada como jogador profissional de futebol, mas o ex-goleiro Marcos, que está aposentado desde janeiro de 2012, prefere não dar um conselho ao são-paulino sobre o término da carreira. O ídolo palmeirense adota o bom humor para falar sobre o fim da trajetória do companheiro de Seleção Brasileira.

“O Rogério Ceni é rico, vai poder fazer o que quiser depois (risos). Pode ser comentarista... Ele tem um leque de opções muito grande. Quem sou eu para dar dica para ele, que é muito inteligente”, afirmou o ex-goleiro.

A última partida de Marcos foi disputada em setembro de 2011, contra o Avaí. Depois disso, em função de problemas clínicos, o palmeirense não conseguiu entrar em campo novamente naquele Brasileirão e acabou anunciando a aposentadoria nos primeiros dias do ano seguinte.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Marcos adotou o bom humor e disse que Rogério poderá fazer o que quiser "porque é rico"
Já Rogério Ceni, que tem 41 anos e é sete meses mais velho do que Marcos, chegou a cogitar a aposentadoria no fim do ano passado, mas acabou renovando até dezembro de 2014. Desta vez, o ídolo são-paulino já deixou claro que não cogita mais postergar o fim da carreira.

“Tive a oportunidade de trabalhar com o Rogério várias vezes e achei legal ter permanecido por mais um ano, porque tem condições físicas para isso. Se vai parar em dezembro, ele já sabe hoje o que vai fazer. Que possa ser muito feliz, assim como foi no São Paulo”, completou o ex-goleiro alviverde, que trabalha atualmente participando de ações de marketing do Palmeiras.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade