Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Marcos Guilherme lamenta "duas bobeiras" que custaram vitória

Porto Alegre (RS)

Quando Marcos Guilherme chutou forte para colocar o Atlético-PR à frente do placar neste domingo, os visitantes estiveram bem perto de sair do Beira-Rio com a vitória. Até então com atuação consistente na marcação, a equipe havia conseguido afastar o Internacional de sua área no primeiro tempo. Mas os 35 minutos restantes de jogo ficaram marcados pela queda de rendimento do time paranaense e pela virada do Colorado. Após o revés, o meio-campista lamentou os erros que custaram os pontos.

“A gente sabia que o Inter viria com tudo para cima no primeiro tempo. Conseguimos segurar e marcamos o gol. Mas demos duas bobeiras e não conseguimos a vitória”, lastima o jogador ao canal Sportv, lembrando as falhas defensivas que resultaram nos gols de D’Alessandro e Alan Patrick na segunda etapa.

A proposta de jogo que o treinador Miguel Ángel Portugal montou para o Atlético-PR neste domingo não dava a seus comandados o luxo de falhar no setor defensivo. Acuado em seu campo, o time paranaense passou todo o primeiro tempo apostando em contragolpes que pouco assustaram o Internacional. Na etapa final, a equipe repetiu a estratégia após abrir o placar, mas duas falhas em momentos-chave do jogo culminaram na derrota.

O Furacão tem a chance de solucionar os problemas no amistoso desta quarta-feira contra o Corinthians, que marca a reinauguração da Arena da Baixada. O próximo compromisso oficial da equipe é no próximo dia 18, contra a Chapecoense, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Divulgação/Atlético-PR
Um dos destaques da equipe neste ano, meia marco seu primeiro gol pelo Atlético-PR neste domingo

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade