Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Moacir Júnior admite erros do América-MG, mas já pensa em recuperação

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG não conseguiu atuar bem diante do Atlético-GO e acabou perdendo a invencibilidade na Série B do Brasileiro. Após a partida, o técnico Moacir Júnior reconhece que a equipe produziu bem abaixo do futebol que vinha demonstrando e ainda cometeu erros bobos. Porém, entende que o tropeço tira dos ombros da equipe o peso da invencibilidade.

“A gente não costuma justificar. Mas foi um resultado que obviamente não estava em nossos planos. A equipe não estava em uma noite inspirada. Nem mesmo a bola parada, que é um forte nosso, não entrou. E quando tivemos oportunidade, o Márcio, goleiro deles, trabalhou bem. Em Goiânia não foi uma jornada como o América-MG está fazendo”, disse o treinador, que comentou os erros da equipe americana.

“Infelizmente, nos descuidamos em três lances. Não dá para dizer que foi mérito deles ou demérito nosso. A bola ficou se oferecendo para a gente tirar e não conseguimos. Acabamos tomamos três gols que não é do nosso feitio tomar. Os setores não funcionaram, a equipe como um todo não funcionou como vinha funcionando. Nosso foco agora é o Náutico. Não temos que ficar remoendo isso agora”, declarou.

Mesmo derrotado em Goiânia, Moacir Júnior mantém a meta de pontos estabelecida antes da pausa para a Copa do Mundo. “Nosso percentual ainda é bom, ainda temos um jogo em Minas Gerais e mais um jogo fora para bater nossa meta de 19 pontos, que a gente traçou para ficar no G4 durante a parada para a Copa do Mundo. Estamos ainda no G4. Nesta série B, você não consegue fazê-la invicto. Nenhum clube ainda conseguiu. É tranquilizar os jogadores e retomar contra o Náutico o nosso caminho”, concluiu.

Divulgação
Técnico do Coelho projeta volta por cima no duelo deste sábado contra o Náutico (foto: Divulgação/América-MG)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade