Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Muricy veta empolgação com assistência de Ganso: "É a função dele"

São Paulo (SP)

O São Paulo somou ponto contra o Corinthians graças à jogada em que Paulo Henrique Ganso prendeu a bola e enganou os adversários até deixar Luis Fabiano em condições de fazer o gol. O lance rendeu elogios do capitão Rogério Ceni, mas Muricy Ramalho veta qualquer empolgação com o camisa 10.

“É o que o Ganso tem que fazer. Precisa participar um pouco mais porque é o jogador que faz a ligação. É a função dele”, minimizou o treinador, que, na semana passada, teve que lidar com críticas públicas do jogador por tê-lo deixado na reserva na rodada anterior do Campeonato Brasileiro.

Ganso sabe que não pode se animar só com o que fez na Arena Barueri, assim como o time. “Foi uma das melhores atuações, mas ainda temos muita coisa para crescer. Se quisermos chegar a algum lugar, a título, tem que ser assim: rodando a bola, achando espaços e fazendo gols”, ensinou.

Mostrando humildade, o jogador fez questão de enaltecer o autor do gol que definiu o 1 a 1. “Foram muito choques e divididas, mas conseguimos uma bela bola e o Luis foi mais esperto para marcar. O Luis enxerga bem o jogo e, pela movimentação, eu sabia que poderia estar ali”, falou o meia.

Agora, Ganso tem seis assistências no ano, igualando-se a Osvaldo como líder do quesito na temporada. E ressalta a necessidade de aproveitar a presença de Luis Fabiano para aumentar esses números. “Precisamos trabalhar para acertar mais bolas como essas. O Luis é esperto e sabe se livrar dos zagueiros para marcar”, apontou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Meia ganhou elogios do capitão Rogério Ceni, mas Muricy não se empolga com passe que evitou derrota no clássico

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade