Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Na volta do ex-palmeirense Serginho, Oeste empata com Santa Cruz

Itápolis (SP)

Com uma campanha irregular, o Oeste contava com um importante reforço na noite desta terça-feira, na abertura da sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de não renovar seu empréstimo com o Palmeiras, o meia-atacante Serginho estava de volta a Itápolis, mas não conseguiu garantir a segunda vitória do clube na competição. No Estádio dos Amaros, o equipe rubro-negra ficou apenas no empate, em 1 a 1, com o Santa Cruz.

O resultado deixa o Oeste com cinco seis pontos conquistados, na 11ª colocação, um posto acima do Santa Cruz, que tem um desempenho interessante neste início de Série B. Até o momento, o clube pernambucano acumula seis empates consecutivos, com três jogos em casa e três jogos fora.

Na próxima rodada, já na próxima sexta-feira, às 19h30 (de Brasília), o Oeste vai encarar o Bragantino, fora de casa, no Estádio Nabi Abi Chedid. No mesmo dia e horário, o Santa Cruz recebe o líder América-MG, embalado com mais uma vitória nesta terça, no Arruda.

Arte GE.Net
O resultado na noite desta terça-feira foi construído apenas no primeiro tempo. Em um duelo de dois times da zona intermediária da tabela de classificação, o equilíbrio esteve presente no estádio dos Amaros. O Santa Cruz, em busca de sua primeira vitória na competição, abriu o placar aos 18 minutos do segundo tempo, mas não se manteve à frente do placar por muito tempo.

Na tentativa de surpreender o Oeste, o time pernambucano balançou as redes com Everton Sena. O atacante aproveitou o desvio de cabeça de Léo Gamalho, que fez o pivô dentro da área e escorou para o seu companheiro. Sendo assim, o autor do gol emendou um chute forte de perna direita para vencer o goleiro Paes.

A resposta do Oeste, porém, foi praticamente imediata. Logo dois minutos depois de sofrer o gol, o time da casa deixou tudo igual no marcado na bola parada. Denis acertou um lindo chute de perna esquerda, encobriu a barreira, ainda viu seu chute tocar na trave e não deu chances ao goleiro Tiago Cardoso.

Apesar da expectativa por um jogo bastante movimentado após os gols já nos minutos iniciais, Oeste e Santa Cruz não conseguiram mais balançar as redes. As duas equipes criaram chances claras, principalmente no segundo tempo, quando o goleiro pernambucano fez pelo menos duas defesas importantes. O empate, porém, estava consolidado em Itápolis.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade