Futebol/Campeonato Italiano - ( - Atualizado )

Napoli vence com tranquilidade e sela vaga na Liga dos Campeões

Nápoles (Itália)

Depois de comemorar o título da Copa da Itália, o Napoli voltou a vencer nesta terça-feira e garantiu sua vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada. Diante de sua torcida, no estádio San Paolo, os donos da casa não tomaram conhecimento do Cagliari, que briga contra o rebaixamento, e venceu por 3 a 0 sem dificuldades. Com o resultado, a equipe napolitana chegou aos 72 pontos, garantindo a terceira colocação ao fim da competição.

Para chegar ao triunfo, o Napoli abriu o placar com 33 minutos do primeiro tempo. O belga Mertens cobrou pênalti com categoria e colocou o time da casa na frente. Ainda antes do intervalo, Pandev recebeu o passe de Callejón e ampliou a vantagem dos anfitriões.

Já na segunda etapa, a situação do Napoli ficou ainda mais fácil quando o goleiro Silvestri cometeu pênalti e foi expulso de campo. Na cobrança, porém, Hamsik carimbou a trave. Três minutos mais tarde, Dzemaili aproveitou o rebote dentro da área e definiu o resultado no San Paolo.

AFP
O suíço Dzemaili aproveitou a chance que teve, fez o terceiro do Napoli e definiu o resultado no San Paolo
Se o Napoli já estava muito perto de garantir a vaga na Liga dos Campeões, o resultado do outro jogo desta terça apenas confirmou a ida do time napolitano à principal competição europeia. Único time apto a buscar esta classificação, a Fiorentina decepcionou em casa e foi derrotada de forma surpreendente pelo Sassuolo, time que briga contra o rebaixamento, por 4 a 3.

Ainda sem conseguir se recuperar da perda da Copa da Itália, justamente para o rival Napoli, no último final de semana, a Fiorentina viu o Sassuolo abrir três gols de vantagem com Berardi, que, aos 42 minutos do primeiro tempo, já havia balançado as redes três vezes para os visitantes.

Com uma desvantagem deste tamanho, ficou complicado para recuperar o marcador. Rodríguez ainda fez o primeiro da Fiorentina, mas o Sassuolo voltou a marcar com Sansone – após passe de Berardi. No final, Rossi e Cuadrado ainda descontaram, mas a Viola não chegou ao empate.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade