Futebol/ Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Náutico tenta contratar Sidney Moraes e China assume provisoriamente

Recife (PE)

O Náutico não deve ter um técnico novo para a partida contra o América de Natal, nesta terça-feira, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Sidney Moraes tem o nome mais cogitado para assumir o cargo, mas ainda não foi liberado pelo Vila Nova-GO. Enquanto a questão não é resolvida, Sérgio China assume interinamente o cargo.

Desde a demissão de Lisca, na última quarta-feira, a diretoria do Timbu conversa com mais dois treinadores: Doriva, campeão do Paulista pelo Ituano, em 2014 e Narciso. No entanto, o acerto está mais próximo mesmo de Sidney Moraes, como foi confirmado pelo vice-presidente do clube, Gustavo Ventura. O único entrave na negociação é a parte financeira: “O que está pegando mais agora é a questão financeira. Existem dois técnicos que estão mais acertados. Sidney é um destes que a gente está conversando”.

Para o duelo de terça-feira, o treinador interino Sérgio China continuará no comando. Sua missão não é nada fácil, já que o Náutico precisa vencer por uma diferença superior a três gols para seguir adiante na Copa do Brasil. A partida de ida terminou em 3 a 0 para o América-RN.

Sua estreia com a prancheta aconteceu no sábado, na derrota para o Joinville, por 1 a 0, em Santa Catarina, em jogo válido pela quarta rodada da Série B.

Divulgação/Náutico
Sérgio China tem a dura missão de classificar o Náutico para a terceira fase da Copa do Brasil

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade