Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

No Majestoso, Rogério Ceni chega ao 900º jogo como capitão tricolor

São Paulo (SP)

Rogério Ceni chegou a mais uma marca relevante de sua carreira neste domingo, no empate em 1 a 1 com o rival Corinthians. Na Arena Barueri, o goleiro entrou em campo pela 900ª vez como capitão do São Paulo. O líder do atual elenco, aliás, já havia atingido o recorde mundial em 24 de novembro de 2013, quando chegou a marca de 866 partidas com a braçadeira tricolor.

Depois de confirmar sua aposentadoria no final desta temporada, Rogério Ceni já acumula 1142 partidas com a camisa do São Paulo. A trajetória do jogador como capitão da equipe começou em 14 de agosto de 1994, no empate sem gols contra o Paysandu. Desde então, o goleiro conquistou sua condição de ídolo da torcida, sendo reconhecido até mesmo pelo Guinnes World Records.

Com 41 anos, Rogério Ceni voltou a mostrar sua importância para o atual elenco neste domingo. Ainda no primeiro tempo, quando Corinthians e São Paulo empatavam por 0 a 0, o goleiro mostrou agilidade para defender um chute à curta distância do atacante peruano Guerrero. Mais tarde, porém, o capitão não foi capaz de impedir com que Fagner inaugurasse o marcador.

Fernando Dantas/Gazeta Press
No clássico na Arena Barueri, o goleiro entrou em campo pela 900ª vez como capitão do São Paulo
Apesar do empate ao final do jogo, o goleiro se mostrou satisfeito com o desempenho de seus companheiros. Depois de se irritar em outros momentos com os resultados negativos, principalmente durante a má fase da temporada passada, Rogério aprovou: "O time quis o jogo o tempo todo, lutou muito desde o primeiro tempo. Não se pode achar que o time não teve vontade, porque se dedicou muito".

Antes de deixar os gramados no final da temporada, caso não mude de ideia até dezembro, o capitão ainda sonha com mais uma conquista. Em 2014, o São Paulo ainda tem pela frente o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, títulos que podem preencher a galeria do jogador que já coleciona os Mundiais de 1993 e 2005, a Copa Conmebol de 1994, o Tricampeonato Brasileiro, em 2006, 2007 e 2008, e a Copa Sul-Americana de 2012.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade