Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Oeste e Paraná empatam e seguem com campanhas irregulares

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Itápolis (SP)

Paraná Clube e Oeste ficaram no empate em 2 a 2, no Estádio dos Amaros, em Itápolis, chegando próximo à parada para a Copa do Mundo com campanhas ruins na Série B do Campeonato Brasileiro. Com boa parte da rodada ainda por ser disputada, o time da casa, com 10 pontos ganhos, chegou à 12ª posição na classificação. Um ponto atrás, os paranaenses chegaram à 14ª colocação.

Embalado, a equipe paulista começou no ataque e, aos cinco minutos, Borebi soltou a bomba para boa defesa de Marcos. O Tricolor da Vila tentava marcar forte a saída de bola, apostando no contra-ataque. Porém, aos 11 minutos, Diego Acosta recebeu com liberdade, em posição muito duvidosa, e chutou no cantinho para abrir o placar.

O Paraná tentava responder, mas a defesa do Rubrão também estava firme. Aos 16 minutos, Edson Sitta fez o lançamento em profundidade e ninguém apareceu para aproveitar. Aos 20 minutos, Breno desceu pelo lado esquerdo, invadiu a área e fuzilou nas redes, pelo lado de fora. Os visitantes tinham mais ação, mas erravam demais, irritando o técnico Claudinei Oliveira na beira do gramado.

Até que, aos 30 minutos, Lucas Bahia puxou Giancarlo na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o próprio artilheiro paranista bateu e deixou tudo igual. Aos 34 minutos, Carlinhos encontrou um espaço na defesa rubro-negra e chutou forte, pela linha de fundo. O troco veio aos 42 minutos, com Dênis, que cobrou falta e carimbou a trave de Marcos.

Para a etapa final, o Paraná voltou com Jociel Henrique no lugar do goleiro Marcos, que sentiu uma lesão. Do outro lado, o Oeste voltou com outra postura e, aos três minutos, Ligger aproveitou cobrança de escanteio e desviou para as redes. Denis se destacava nas bolas paradas e nos chutes de fora da área, sempre levando perigo. Aos nove minutos, o lateral mandou um petardo, à direita da meta.

O Rubrão chegou a balançar as redes mais uma vez, com Lucas Bahia, aos 18 minutos, mas o árbitro desta vez anotou o impedimento. Aos 21 minutos, teve mais, em um novo cruzamento que a defesa paranaense deixou passar, mas o árbitro não. Claudinei Oliveira colocou o atacante Júlio César no lugar de Rodrigo Mann, tentando deixar o time mais ofensivo.

A mudança deu certo e, aos 31 minutos, Thiago Humberto recebeu cruzamento e bateu firme para empatar a partida. O jogo ficou mais aberto, mas a falta de qualidade técnica nos dois lados impediam lances de mais emoção. Aos 40 minutos, Thiago Humberto cobrou falta e carimbou a defesa.

Na próxima rodada, última antes da pausa para a Copa, o Oeste enfrenta o Atlético Goianiense, dia 3 de junho, no Estádio Serra Dourada. Já o Paraná Clube terá pela frente, no mesmo dia, a Luverdense, na Vila Capanema, em Curitiba.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade