Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Oliveira revela tristeza de cruzeirenses após eliminação e pede reação

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O planejamento do Cruzeiro para a temporada incluía a conquista do tricampeonato da Libertadores, mas o San Lorenzo atravessou o caminho da Raposa e acabou com o sonho celeste. Após o jogo contra os argentinos no Mineirão, o técnico Marcelo Oliveira revelou que o vestiário cruzeirense foi de extrema tristeza pela eliminação.

“O vestiário estava absolutamente triste, alguns chorando, outros mais calados. Foi um vestiário muito triste realmente. Queríamos muito esta Libertadores, era um objetivo grande. Mas isso é próprio de homens com caráter e atletas dedicados, de um grupo muito unido e que quer chegar em coisas importantes”, declarou.

Apesar da tristeza, Marcelo Oliveira entende que não existe muito tempo para lamentações, já que no final de semana o Cruzeiro já volta ao gramado do Mineirão para receber o Coritiba, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. A competição nacional passa a ser o foco celeste para retornar para a Libertadores de 2015.

“Sábado já tem um jogo importante do Brasileiro. É muita conversa, muito descanso. É colocar na cabeça que temos toda condição de ser campeões brasileiros. Temos também a Copa do Brasil, que são apenas oito jogos para o título, e podemos brigar”, disse.

Divulgação/Cruzeiro
O meia Ricardo Goulart lamenta uma das oportunidades desperdiçadas pelo Cruzeiro contra o San Lorenzo

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade