Futebol/ Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Oswaldo elogia Lucas Lima e o novo esquema do Santos

Do correspondente Tiago Salazar Santos (SP)

Com a má fase de Leandro Damião, Oswaldo de Oliveira optou por dar um tempo para o centroavante se recuperar e escalou Lucas Lima contra o Figueirense. Após o jogo, que terminou com a primeira vitória do Peixe, por 2 a 0, no Campeonato Brasileiro, o técnico admitiu que gostou de todo time com a nova forma de jogar.

“Cada jogo tem uma história, mas é uma situação que eu gosto, ele (Lucas Lima) junto com o Cícero e o Arouca há um desempenho técnico muito bom com a equipe. Sempre bloqueios muito fortes, optam normalmente pelo contra-ataque em velocidade, e isso nos abriga a ter mais paciência, mais posse de bola. Essa formação de hoje (domingo) eu gosto muito, favorece que a gente tenha mais posse”, explicou o treinador.

Ao ser questionado se o sistema com quatro jogadores no meio de campo será mantido para a partida contra o Atlético-MG, pela 5ª rodada do Brasileirão, Oswaldo despistou e aproveitou para reclamar da Arena Pantanal, local da partida no próximo domingo.

“Primeiro temos que passar pelo Princesa (do Solimões, quinta, pela Copa do Brasil), depois há uma preocupação muito grande. Eu acho que um estádio maravilhoso como esse merecia um gramado melhor e uma iluminação melhor também. A gente perde noção de profundidade com aquela iluminação e o gramado ainda está muito irregular”, ponderou o comandante alvinegro, que já comandou o time no estádio de Cuiabá contra o Mixto, pela primeira fase da Copa do Brasil. Na ocasião a partida terminou 0 a 0.

Divulgação/Santos FC
Técnico santista optou por deixar Damião no banco para recuperar bom futebol. Atacante custou R$ 40 milhões de reais

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade