Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Oswaldo usa empolgação do Princesa para explicar queda de rendimento

Do correspondente Tiago Salazar Santos (SP)

O Santos venceu o Princesa do Solimões, fora de casa, mas não parece. A queda de rendimento da equipe durante o jogo e o fato do Peixe não ter evitado o jogo de volta contra os amazonenses fez com que muitos lamentassem o placar de 2 a 1 e até criticassem a equipe de Oswaldo de Oliveira. Para o técnico do alvinegro praiano, no entanto, as circunstância da partida levaram o jogo a ter um rumo diferente do que se esperava.

“Nós tentamos manter o resultado, tentamos manter a vitória, mas temos que levar em consideração que o time da casa jogou o jogo da vida, talvez o mais importante da história do clube, os jogadores se entregaram integralmente e a gente tem que admitir que quando isso acontece fica mais difícil”, avaliou Oswaldo.

Agora, o Santos volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. Ainda sem vencer neste edição do nacional, o Peixe encara o Figueirense, às 18h30 deste domingo, em Londrina, para pôr fim a série de três empates seguidos.

“Contra o Figueirense, todos voltam, inclusive os cinco”, avisou o treinador, referindo-se a David Braz, Cicinho, Cícero, Arouca e Thiago Ribeiro, jogadores poupados da partida desta quinta-feira, na Arena da Amazônia, em Manaus. A partida de volta contra o Tubarão do Norte está marcada para o dia 15, na Vila Belmiro.

Ivan Storti/Santos FC
Diante de um empolgado Princesa do Solimões, o Santos não teve dificuldades e sequer eliminou o jogo da volta

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade