Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Palmeiras fica preso em Chapecó e tenta adiar jogo contra o Botafogo

Chapecó (SC)

Depois de sofrer sua primeira derrota sob o comando do interino Alberto Valentim neste domingo, por 2 a 0, para a Chapecoense, o Palmeiras teve mais um problema nesta segunda-feira. A delegação alviverde não conseguiu retornar a São Paulo por causa do mau tempo no interior catarinense, o que obrigou o clube a cancelar o treinamento do dia.

De acordo com a programação prévia, a atividade seria realizada às 14 horas (de Brasília), na Academia de Futebol, seguindo os padrões de dias pós-jogo: apenas os reservas trabalhariam com bola, enquanto os titulares fariam apenas um trabalho regenerativo.

Com a mudança do planejamento, o clube agora aguarda a volta de Santa Catarina para definir as atividades dos próximos dias. Nesta terça-feira, a delegação viajaria a Presidente Prudente, local do jogo desta quarta-feira, contra o Botafogo, e realizaria um treinamento às 17 horas, mas, diante do impasse, precisa esperar a confirmação do retorno a São Paulo.

Divulgação
O mau tempo impediu o embarque da delegação palmeirense em SC (Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras)
Sendo assim, a cúpula do Verdão também pedirá à CBF o adiamento do confronto desta quarta-feira, contra o Botafogo. Para evitar um desgaste ainda maior por causa do atraso, o clube do Palestra Itália tentará entrar em campo apenas na quinta-feira, em Presidente Prudente.

Na temporada passada, ao longo da Série B do Campeonato Brasileiro, o mau tempo da região de Chapecó também prejudicou a programação de outros adversários da equipe catarinense. América-MG e Figueirense, por exemplo, tiveram seus jogos contra a Chapecoense adiados depois de não conseguirem pousar na cidade.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade